Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Vídeo: pai dá surra de cinto em adolescente

“Apanhou o suficiente?”, perguntou o pai durante o vídeo. A menina, sentada no chão, responde que sim, mas ele volta a dar cintadas

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Um vídeo que mostra o pai batendo várias vezes de cinto na filha está sendo investigado pela Polícia Civil de Goiás. A menina foi agredida pelo pai por ele não aceitar o namoro dela. 

“Apanhou o suficiente?”, perguntou o pai durante o vídeo. A menina, sentada no chão, responde que sim, mas ele retorna a dar cintadas. “Você está brincando comigo? Pensando que eu sou moleque? Sabe o que é um pai falar com uma filha, e ela não escutar ele? Não pega nesse cinto não, que eu te bato”, diz o pai na gravação.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, a agressão ocorreu na sexta-feira (9) mas só chegou nas mãos da polícia nessa segunda (12). A própria adolescente denunciou o pai.

Ela foi levada a um hospital, onde constataram “dores em todo o corpo, hematomas, similares a cintadas, nos membros superiores e inferiores e escoriações”. Desde a briga, a jovem está morando com um tio. 

Ela também foi lavada para o Instituto Médico Legal para que seja feita uma perícia, mas o laudo não ainda não ficou pronto. A delegada deve ouvir os pais da menina, a vítima e o namorado dela para concluir a investigação.

“A mãe também pode ser indiciada porque ela que gravou e não fez nada. Por que ela não interveio? Precisamos ouvir a versão dela”, explicou. O pai deve ser indiciado por lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha. Caso seja condenado, pode pegar até 3 anos de prisão. 

Confira o vídeo:


Você pode gostar
Publicidade