Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Três alunos desaparecem durante excursão escolar

De acordo com a escola, foram no passeio cerca de 60 alunos e no final do dia, durante a contagem no ônibus, foi notada a falta dos três adolescentes

Foto: Secom-MT

Nesta segunda-feira (6), três alunos desapareceram e um deles, de 14 anos, foi encontrado morto durante uma excursão da Escola Estadual Professor Welcio Mesquita de Oliveira, no Circuito das Cachoeiras, que fica no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães (MT).

De acordo com a escola, foram no passeio cerca de 60 alunos e no final do dia, durante a contagem no ônibus, foi notada a falta dos três adolescentes. Dois deles foram encontrados na trilha e os professores acionaram o Corpo de Bombeiros para achar o outro aluno.

A operação dos Bombeiros durou cerca de 5 horas. A ação contou com 5 socorristas e um cão de busca. A equipe mergulhou na cachoeira e localizou o corpo do adolescente, que estava a 3 metros de profundidade, no fundo da cachoeira.

Por meio de uma nota, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) afirmou que tomou todas as medidas necessárias para ajudar nas buscas por Daniel e que as cachoeiras foram fechadas nesta terça-feira (7) para a investigação do caso.

Confira a nota do ICMBio na íntegra.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) informa que o corpo do estudante Daniel Hiarlly Rodrigues de Arruda foi encontrado na noite dessa segunda-feira (6) no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Ao ser declarado desaparecido pelos professores e alunos que estavam em atividade de campo na unidade, o ICMBio organizou grupos de buscas com os servidores e acionou, imediatamente, o Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso.

Todos os fatos foram comunicados às autoridades competentes, pelo Instituto, e, nesta terça-feira (7), as cachoeiras do parque seguem fechadas para as devidas investigações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ICMBio e toda a equipe do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães lamentam a morte do estudante Daniel. O Instituto segue à disposição da família e dos amigos para prestar todos os esclarecimentos necessários.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar