Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Polícia encontra ossada de mulher desaparecida há 5 anos

A ossada da vítima foi encontrada hoje na antiga residência dela, após o suspeito falar onde tinha escondido o corpo

Foto: Divulgação/PC-PI

Na quinta-feira (6), um homem foi preso suspeito do assassinato de Maria Jaqueliny Mendes e Silva, em Teresina (PI). A mulher estava desaparecida desde 2015. A ossada da vítima foi encontrada hoje na antiga residência dela, após o suspeito falar onde tinha escondido o corpo.

De acordo com a polícia, foi registrado Boletim de Ocorrência do desaparecimento de Maria Jaqueliny em outubro de 2020. O documento informava que não se tinha notícias da mulher desde 2015. Além disso, ela tinha um relacionamento com um homem casado.

As investigações constataram que a casa onde a vítima morava havia sido vendida pelo homem no mesmo ano do desaparecimento. Na época, ele usou o argumento que de que Maria teria ido embora para outro estado.

Durante os depoimentos das testemunhas, a polícia ouviu que Maria era agredida pelo homem e que, há 5 anos, ocorreu uma briga feia entre o casal. Desde esse dia a mulher havia desaparecido..

“Nessa confusão houve barulho de objetos quebrando dando a entender que eles estavam em luta corporal. Por fim informou-se que Jaqueliny chegou a pedir socorro e gritar que ele iria lhe matar e após isso tudo silenciou”, informou a Polícia Civil.

Após ser preso, o homem confessou o crime e informação a localização do corpo. “Às 23h, após exaustivo trabalho de escavação realizado por equipe que acompanhava os membros desta DHPP, foi encontrado ao lado de um pé de manga que fica localizado no quintal da residência onde morava Jaqueliny, várias peças de roupas femininas e uma ossada completa de corpo adulto. Esses restos mortais serão objeto de verificação de compatibilidade genética para comprovar a identidade”, informou a Polícia Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar