Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mulher morre após capotar carro e ser arremessada para fora do veículo

Ela estava sem cinto de segurança e tinha ingerido bebida alcoólica 

Publicado

em

Publicidade

Da redação
redacao@grupojbr.com

Uma motorista morreu neste sábado (19) após sofrer um acidente. De acordo com a polícia, Mariana de Moraes, de 31 anos, dirigia um carro e foi arremessada ao capotar o veículo. Ela não usava cinto de segurança. 

O caso ocorreu em Portos Gaúchos-MT. Mariana é filha do fazendeiro Paulo Faruk de Moraes, de 61 anos, acusado de ser o autor da morte do engenheiro Silas Henrique Palmieri, de 33 anos, em fevereiro deste ano. 

A motorista invadiu a pista contrária, foi para o acostamento e entrou em uma plantação, percorrendo aproximadamente um metro e meio até o carro se chocar em um monte de terra e capotar. 

De acordo com a polícia, Mariana não usava cinto de segurança e teve o corpo arremessado durante o capotamento. Parte do corpo dela ficou para fora do veículo. 

Dois amigos da vítima afirmaram que, junto com Mariana, ingeriram bebida alcoólica em uma lanchonete.  Mariana teria saído da lanchonete sozinha dirigindo o carro até a casa de um suposto namorado. 

O rapaz foi ouvido pela polícia. Ele afirmou que a jovem foi até a chácara onde ele mora e ingeriu bebida alcoólica. Ela teria convidado o namorado para ir até a cidade, mas o rapaz se recusou e deixou a vítima ir sozinha. 

Logo depois, ele recebeu uma ligação de um amigo contando sobre o acidente. 

O caso será investigado pela polícia.


Você pode gostar
Publicidade