Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Mulher é presa por chamar rapaz de ‘macaco fedorento’

O homem que sofreu os insultos acionou a polícia e, juntamente com sua esposa, não deixou a mulher sair do veículo

Foto: Reprodução/PG INFO MÍDIA

No último sábado (10), uma mulher foi presa em flagrante após fazer ofensas racistas contra um passageiro dentro de um ônibus em Praia Grande, no litoral paulista. O caso aconteceu na Linha 11 e, de acordo com imagens gravadas por testemunhas, a agressora diz: “Macaco. Macaco fedorento. Tu não presta, tu é preto da senzala. Crioulo fedido. Tira os óculos e vai catar papelão”, afirmou.

A vítima é o um homem de 29 anos. No momento das ofensas, ele conversava com a esposa que o acompanhava no transporte coletivo. “Eu olhei sem entender e, quando virei para trás, a moça simplesmente, gratuitamente, me olhou e falou ‘é com você que estou falando mesmo seu macaco’ “, disse o autônomo.

O homem que sofreu os insultos acionou a polícia e, juntamente com sua esposa, não deixou a mulher sair do veículo. “Eu travei a passagem, sem encostar nela, e falei que ela não sairia enquanto a polícia não chegasse”, contou a vítima.

Um dos passageiros do ônibus que presenciou toda a ação da mulher lamentou o ocorrido. “Quando entrei no ônibus, no bairro Jardim Real, ela já estava o xingando de ‘macaco’, ‘negrinho da senzala’. Ficamos revoltados, ligamos para polícia e a mulher continuou xingando ele. Você via descer lágrimas dos olhos do rapaz, mas ele aguentou firme. Ela chamou ele até de ladrão. Isso não pode ficar impune”, disse Josafa Almeida, de 35 anos.

A Policia Militar informou que o caso foi registrado como injúria racial pelo 1º DP de Praia Grande e que a mulher foi presa em flagrante. A sua defesa não se pronunciou sobre o ocorrido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar