Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Mulher dá à luz um bebê sem saber que estava grávida

Simone disse que quando parou a menstruação, pensou que tinha entrado na menopausa e fez dois testes de gravidez, mas ambos deram negativos

Foto: Reprodução/WhatsApp

Em Recife, uma mulher de 43 anos deu à luz um bebê sem saber que estava grávida. Simone Maria da Conceição foi resgatada com fortes dores no pronto-socorro (UPA), zona oeste da cidade, onde descobriu que estava dando à luz.

A criança nasceu saudável. Simone disse que quando parou a menstruação, pensou que tinha entrado na menopausa e fez dois testes de gravidez, mas ambos deram negativos. Ela não sentiu nenhum outro sinal de gravidez até o final, quando as cólicas começaram.

“Eu pensei que era cólica menstrual. Tomei um remédio, mas não passou. Em um momento, eu estava vomitando de dor, aí fui para a UPA. Lá, pensei que tinha feito xixi nas calças, mas era a bolsa que tinha estourado. Fizeram exame de toque e viram que o bebê já estava vindo”, afirmou a mulher ao G1.

Para Simeone, o sinal do nascimento foi o choque de descobrir um novo filho antes de ele nascer. Ela é diarista, não tem renda fixa e tem quatro filhos: um de 22 anos, um de 19 e um gêmeo de 15. Os dois últimos são os únicos filhos que vivem com ela.

“Eu fiquei sem chão, como estou até agora. Ainda estou voltando para a Terra. Os meus outros quatro filhos estão felizes, muito empolgados, querendo que o irmão saia do hospital para que eles conheçam. Ainda estamos internados porque um exame de rim do bebê deu alterado, e os médicos estão investigando”, disse a diarista

Por meio de uma nota, a direção do hospital esclareceu que a mulher deu entrada “em trabalho de parto avançado e logo foi assistida pela equipe multidisciplinar do plantão”. Ela deu à luz a criança. enquanto passava pelo atendimento de triagem.

“A paciente saiu da UPA com encaminhamento para o Barão de Lucena, referência estadual em gestação de alto risco, por ter comorbidades e ter relatado aos profissionais da unidade que não havia realizado acompanhamento pré-natal”, disse o hospital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar