fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Morre menina que fez 1ª comunhão em hospital enquanto aguardava transplante de coração

Gabriela Romanoski de Andrade estava internada no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba-PR, desde o início de outubro

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV
PUBLICIDADE

Uma menina, de 10 anos, que fez a primeira comunhão enquanto estava internada em um hospital morreu no domingo (8). Ela aguardava um transplante de coração após ter sido diagnosticada com miocardiopatia,

Gabriela Romanoski de Andrade estava internada no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba-PR, desde o início de outubro. Em maio, ela foi diagnosticada com miocardiopatia. A doença causa alterações no músculo cardíaco, o que prejudica o funcionamento.

Ainda em outubro, a menina conseguiu realizar o sonho de fazer a primeira comunhão. A cerimônia ocorreu dentro da unidade hospitalar com a colaboração da equipe de profissionais de saúde.

A criança era moradora de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, mas estava internada no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. Após a história de Gabriela repercutir nas redes sociais, várias pessoas ficaram comovidas e doaram sangue para o tratamento da criança.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o Hospital Pequeno Príncipe, a morte aconteceu por volta das 22h, por complicações da doença.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade