fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Menino socorrido desnutrido e com lesões foi torturado pela mãe

A criança tinha lesões em todo o corpo, estava desnutrida, sendo acorrentada pelos pés, sofrendo queimaduras, agredida com fios

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Aline Rocha
[email protected]

Um menino de 7 anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, em estado de desnutrição e com ferimentos em todo o corpo, em 10 de julho, no período da noite. De acordo com laudo do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), foi confirmado que a criança foi torturada e vítima de maus-tratos.

De acordo com a Polícia Civil, a responsável pelos maus-tratos era a mãe. O padrasto do menino também está sendo investigado. A criança estava morando com a mãe há dois meses e estava acorrentada pelos pés, sofrendo queimaduras, sendo agredida com fios, torturada psicologicamente e sendo privada de alimentação. De acordo com o laudo, o menino estava debilitado, desnutrido e em quadro de anemia profunda.

O menino deverá passar por cirurgias plásticas após tratamento dos ferimentos no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. De acordo com a unidade de saúde, o menino tem um ferimento na cabeça muito grave e deverá passar por plástica para reconstruir o tecido lesionado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A criança permanece internada no Hospital de Trauma de Campina Grande, com estado de saúde considerado estável. Ainda não há previsão de receber alta médica. A mãe e o padrasto já foram ouvidos mas, como não foram pegos em flagrante, foram liberados. A investigação continua.

De acordo com o Conselho Tutelar, algumas denúncias já haviam sido feitas. A situação foi percebida pelos professores e pela diretora da escola onde o menino estuda, já que ele chegou muito magro e sem forças para se manter em pé. De acordo com o delegado do caso, os indícios mostram que a mãe tentava matar o filho por meio de tortura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade