fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Mãe de menina morta com 35 facadas também perdeu o filho morto a tiros

Uma jovem de 15 anos foi apreendida e afirmou ter matado Emanuelle.Já no caso de Bruno, os dois suspeitos foram detidos no final de 2019

Avatar

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

Rênia de Souza, mãe da jovem Emanuelle Souza Batista, de 14 anos, morta por uma amiga com 35 facadas, também perdeu seu filho, Bruno Souza Gomes, de 16 anos, que foi assassinado a tiros há menos de três anos atrás. 

Uma jovem de 15 anos foi apreendida e afirmou ter matado Emanuelle e colocado fogo em seu corpo depois de levá-la para um terreno baldio. A estudante disse que cometeu o crime porque a vítima falava mal dela na internet. Já no caso de Bruno, os dois suspeitos foram detidos no final de 2019. De acordo com a investigação, o filho de Rênia se envolveu com a ex-namorada de um dos suspeitos. Ele foi executado em uma armadilha. 

“Difícil, mas não posso trazer eles de volta. Vou ao psiquiatra e estou fazendo tratamento. Estou tomando remédio, senão ficaria louca”, relatou Rênia.

Hoje, a mãe de 38 anos tem só um filho de 21 anos que reside na Bélgica. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade