Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Mãe de copiloto de avião que caiu relata problemas iniciais nas buscas

Segundo a mulher, as informações ainda são desencontradas

A mãe do copiloto do avião que caiu em mar aberto entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), com três pessoas, na noite desta quarta-feira (24), gravou um vídeo falando sobre o caso. Segundo a mulher, as informações ainda são desencontradas.

Ela disse que soube do acidente às 21h10 de quarta (24). “Ninguém sabia de nada. A gente ligou para a Capitania dos Portos, para vários órgãos, e só ia começar a busca agora pela manhã porque não era de jurisdição de um e de outro”, afirma, em vídeo gravado à TV Globo.

O helicóptero que estava previsto para sair da base aérea em busca do avião às 3h da manhã, atrasou e saiu por volta das 4h20 porque apresentou pane no momento da saída. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), destroços foram encontrados às 6h35 na área do acidente e há probabilidade de serem da aeronave desaparecida. As buscas continuam.

“A gente chegou aqui e vamos tentar alugar um barco para a gente ir onde está as coordenadas que nos falaram da queda”, relata a mulher. Veja o vídeo:

O acidente

Na noite de quarta-feira (24), um avião bimotor caiu em mar aberto nas proximidades de Ubatuba, litoral de São Paulo. Haviam três pessoas a bordo: piloto, copiloto e um tripulante.

Inicialmente, o Corpo de bombeiros informou que aeronave tinha desaparecido na região de de Paraty e Trindade, na Costa Verde do RJ, que é vizinha de Ubatuba. Na manhã de hoje (25), os socorristas atualizaram o local da queda.

Sobre os ocupantes da aeronave, foi a mãe do copiloto José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, que deu a informação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O voo saiu às 20h30 de Campinas e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, há uma operação de resgate em andamento em conjunto com a Marinha, Capitania dos Portos e Defesa Civil.








Você pode gostar