fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem que jogou álcool, ateou fogo e trancou mulher em quarto por 17 horas é preso

Ele responderá por feminicídio e pode pegar até 30 anos de prisão

Willian Matos

Publicado

em

feminicídio
PUBLICIDADE

Willian Matos
[email protected]

A Polícia Civil encontrou e prendeu um homem que jogou álcool na esposa, ateou fogo e a deixou trancada no quarto por 17 horas, segundo investigações.

O marceneiro Alex Alexandre Ferreira, de 41 anos, cometeu os atos contra Sheron Chaves Monteiro, que tinha 34 anos à época. Ele confessa ter jogado o álcool, mas diz que ela se queimou acidentalmente, pois o fogo surgiu quando foram fumar. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu quatro dias depois.

O crime aconteceu em outubro de 2018, na Zona Sul de São Paulo. Alex estava desaparecido e foi encontrado em Goiânia na última sexta-feira (19/7).

“Cerca de três meses antes do crime, a vítima o denunciou por agressão, mas não deu andamento no caso. Eles acabaram reatando uma semana antes de ela ser morta”, contou a delegada Marcella Orçai.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Foto: arquivo pessoal

Alex foi preso após policiais da Delegacia de Investigação de Homicídio (DIH) descobrirem que ele tinha parentes em Goiânia. Ele estava morando há três semanas com uma mulher no setor Luana Park e foi preso quando chegava para trabalhar, no Setor Solange Park.

Segundo a Polícia Civil, Alex vai responder por feminícidio. Caso seja condenado, a pena pode chegar a 30 anos de prisão. Ele deve ser encaminhado para um presídio de São Paulo, onde aconteceu o crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade