fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem mata seguranças ao ser repreendido por tentar sair de boate com um copo

Suspeito teria saído atirando a esmo. DJ que tocava no local conta que a intenção do homem era “matar a boate inteira”

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV
PUBLICIDADE

Dois seguranças foram mortos a tiros na madrugada deste domingo (8), em uma boate, em Itumbiara-GO. Um homem saiu atirando aleatoriamente ao ser impedido de deixar o local levando um copo da casa.

Além dos dois seguranças, outro funcionário do local e um cliente também foram baleados. O DJ Renato Borges, que tocava no local, contou que só não foi vítima dos tiros porque um dos seguranças o protegeu.

Estava a dois metros atrás dele [do suspeito], desmontando meu equipamento. O segurança abriu os braços na minha frente e falou para eu me jogar. Foi quando me machuquei. Ele morreu agonizando na minha frente”, desabafa, em entrevista ao portal G1.

Na queda, Renato cortou o supercílio e precisou de curativo. Foto: arquivo pessoal

 

Para o DJ, o homem tinha a intenção de atirar em todas as pessoas presentes na boate. “O alvo não era esse ou aquele segurança. O alvo era todo mundo que estava dentro da boate. A intenção dele era matar a boate inteira”, conta. O homem já estava armado desde quando entrou na casa.

Renato classifica os seguranças como heróis. “Estou muito triste pelo que aconteceu, sou imensamente grato a equipe de segurança e principalmente a esse que entrou entre eu e o atirador. Eles foram heróis. Se não fosse ele, tenho certeza que seria uma vítima”, complementa.

O suspeito

O autor dos tiros já foi identificado pela Polícia Civil. Pedro Henrique Silva Soares (foto abaixo), de idade não revelada, já é considerado foragido. O caso segue sob investigação.

Para a polícia, Pedro Henrique Silva Soares é o autor dos tiros dentro da boate. Foto: Polícia Civil/Divulgação


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade