fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem é resgatado após ser refém da mãe por 30 anos

A vítima de 40 anos, teria sido isolada da sociedade e trancada em um apartamento desde os 12

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Mantido preso em péssimas condições pela mãe, um homem foi libertado após quase três décadas. O caso aconteceu na Suécia.

Conforme noticiou o jornal inglês Daily Mirror, nesta terça-feira (2), a vítima de 40 anos, teria sido isolada da sociedade e trancada em um apartamento desde os 12.

Uma parente que já desconfiava do sumiço do rapaz há alguns anos foi a responsável por encontrá-lo. A mãe da vítima, de 70 anos, estava em um hospital, quando a parente invadiu o apartamento e chamou a polícia.

De acordo com o depoimento da mulher, o homem vivia cercado por seus dejetos, poeira e um cheiro “podre”. Ele foi encontrado praticamente sem dentes, com dificuldade para falar e andar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Primeiro, eu notei suas pernas. Elas estavam horríveis. Tudo que havia até o joelho era ferida e escoriação. Uma parte de sua panturrilha estava preta e havia poças de pus sob ele”, descreveu a parente. “Eu não o via há mais de 20 anos, mas quando nossos olhos se encontraram, ele balbuciou meu nome repetidas vezes.”

O homem foi levado para o hospital, enquanto sua mãe foi detida. Ela prestou depoimento e negou as acusações de falso aprisionamento e lesões corporais graves.

Ainda não se sabe ao certo os motivos que levaram a mãe a prender seu filho em tais condições por quase 30 anos. De acordo com depoimentos de pessoas próximas à família à imprensa sueca, ela era “muito superprotetora” e teria decidido tomar essa atitude após um “incidente familiar” na década de 90.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade