fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem barrado em banco por estar sem máscara acaba preso por manter companheira em cárcere privado

Testemunhas relataram à polícia que viram o suspeito fazer ameaças a mulher caso ela contasse alguma coisa aos funcionários

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um homem foi preso por manter a companheira em cárcere privado. O caso foi descoberto na sexta-feira (24), após o homem ser barrado na porta de uma agência bancária, por não estar usando máscara. Após a vítima, que utilizava o equipamento de segurança, ser liberada para entrar na agência, ela contou para a atendente que estava há duas semanas trancada em casa. Em seguida, a funcionária chamou a polícia.

O caso aconteceu em Blumenal-SC. Segundo a polícia, o homem foi barrado porque estava sem máscara, item obrigatório no município durante a pandemia do novo coronavírus. Testemunhas relataram à polícia que viram o suspeito fazer ameaças a mulher caso ela contasse alguma coisa aos funcionários.

A mulher entrou na agência para sacar dinheiro e o homem ficou na rua esperando. A vítima fez a denúncia de que estaria presa em casa desde a páscoa. Em seguida, a atendente acionou a Polícia Civíl.

Ainda conforma a polícia, a mulher relatou que o suspeito bateu nela, quebrou o celular e a proibiu de sair de casa sozinha. Devido a uma crise de ciúmes, o homem fazia ameaças de morte e agressões constantes contra ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após ser preso, o suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia e foi autuado por ameaça, lesão corporal e cárcere privado. Ele tem passagens por outros crimes como furto e roubo. Uma medida protetiva para a vítima foi solicitada pela polícia.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade