fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Gestante antecipa parto para que marido, com câncer terminal, possa abraçar o bebê

Após doença se espalhar para o fígado, mulher conversou com o obstetra, para ver possibilidade de antecipação do parto

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

O professor de educação física Jamie Hunter foi diagnosticado com um câncer incurável nos rins. Ele e a mulher, Beccy Flint, estavam ansiosos para o nascimento do primeiro filho do casal. No entanto, o parto estava previsto para o fim de maio. Temendo que Jamie não conhecesse o filho, Beccy procurou antecipar o parto, que vai ocorrer no dia 10 de maio.

Em outubro, Jamie começou a sentir fortes dores nas costas. Após realizar um exame, ele descobriu que estava com um câncer nos rins. O estado de saúde do professor de educação física, que mora na Inglaterra, foi se deteriorando a cada semana. Após a doença se espalhar para o fígado, Beccy conversou com o obstetra, para ver a possibilidade de antecipação do parto. Após conversar com o médico, a nova data do procedimento foi marcada para o dia 10 de maio.

“Jamie não vai comemorar o primeiro aniversário do filho, não vai ensiná-lo a andar de bicileta, não vai ensiná-lo a nadar e não vai estar com ele no primeiro dia de escola. Isso é certo”, disse Phil Taylor, amigo do professor.

Jamie e Beccy, que se conheceram 15 anos atrás, abriram uma conta em um site de financiamento coletivo com o intuito de ajudar a manter Jamie vivo até o parto, para que ele possa abraçar o filho. A resposta dos internautas foi imediata. O jogador Jack Grealish, do Aston Villa,  também contribuiu com a campanha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Phil pretende realizar vários eventos esportivos em homenagem a Jamie, que é torcedor do Manchester United, no ano que vem.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade