fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Estudante é estuprada e mantida em cárcere privado por cinco dias

Ela marcou o encontro por rede social, diz polícia

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Neste sábado (4) uma estudante de 12 anos foi resgatada após passar cinco dias desaparecida, em Itumbiara, na região sul do estado.

Segundo o delegado responsável pelo caso, a adolescente estava na residência de um casal, que foi preso em flagrante. A garota havia marcado encontro com um dos suspeitos por uma rede social, após ele se passar por um garoto de 14 anos. Em seguida, segundo a polícia, a vítima foi estuprada e mantida em cárcere privado. A família disse que a menina está transtornada e fazendo acompanhamento com psicólogos. 

A estudante desapareceu no dia 30 de dezembro e foi encontrada pela própria família no sábado (4). A tia conta que entrou em contato com a polícia, mas que, por conta do recesso de réveillon, decidiu começar a procurar pela menina por conta própria.

A família começou a investigar as redes sociais da menina e encontrou conversas com um homem. O que mais chamou a atenção é que a família encontrou pelo menos cinco perfis falsos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Duas primas começaram a pesquisar e encontraram esse suspeito que só tinha amigos com idade na faixa etária dela. Acharam ele suspeito e começaram a filtrar. Conseguiram recuperar o aplicativo de mensagens dela e viram as conversas. Foi aí que a encontramos”, conta a tia.

A menina foi encontrada em uma casa no Setor Planalto, em Itumbiara, onde estava um casal. A família conta que, quando chegou ao local, o homem e a mulher se preparavam para fugir.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o casal em flagrante. O delegado confirma que eles planejavam fugir com a adolescente, mas desconhece qual seria o destino. O casal deve responder por cárcere privado. Além deste crime, o homem também vai responder por estupro de vulnerável, já que a menina tem 12 anos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade