Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Delegada negra é barrada em loja em Fortaleza

Ela foi impedida de entrar na loja por um funcionário da segurança que alegou “questões de segurança” e impediu a entrada de Ana Paula

Foto: PCCE/Divulgação

Na noite de domingo (19), uma delegada negra alegou ter ter sido barrada na entrada de uma loja em Fortaleza e denunciou racismo por parte da equipe de segurança do estabelecimento.

A delegada Ana Paula Barroso é diretora-adjunta do Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis, da Polícia Civil do Ceará.

Um mandado judicial autorizou a apreensão de todos os equipamentos de registro de imagens da loja. O inquérito foi instaurado na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza.

De acordo com a delegada, o caso aconteceu na última terça-feira (14). Ela foi impedida de entrar na loja por um funcionário da segurança que alegou “questões de segurança” e impediu a entrada de Ana Paula.

De acordo com a Secretaria da Segurança do Ceará, foram requisitadas imagens das câmeras de segurança da loja, mas o estabelecimento se recusou a fornecer.

Por conta disso, houve a representação pelo mandado de busca e apreensão junto ao Poder Judiciário. A investigação segue em andamento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar