fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Abusador pede para ser castrado em vez de preso

O homem, ex-professor de inglês, se declarou culpado de seus atos por fazer sexo com uma menor de idade

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um pedido curioso aconteceu em Pensacola, na Flórida, quando Mark Lua, de 32 anos foi acusado de abusar sexualmente de suas alunas e, em vez de ficar preso, pediu para que fosse castrado. 

“Minhas ações foram desprezíveis. Estou disposto a me submeter à castração física, se assim puder ficar em casa e criar minha filha”, disse Mark ao juiz Thomas Dannheisser.

O homem, ex-professor de inglês, se declarou culpado de seus atos por fazer sexo com uma menor de idade e agredir um aluno de 18 anos. 

Mark Lua também é acusado de coagir uma terceira aluna a enviar-lhe um vídeo com conteúdo sexual. O acusado foi condenado a 12 anos de prisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade