fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Coronavírus: crise pode levar 500 milhões de pessoas para linha da pobreza

Segundo pesquisa, o nível de pobreza em países em desenvolvimento pode voltar a um patamar registrado há cerca de 30 anos

Avatar

Publicado

em

Imagem ilustrativa: AFP
PUBLICIDADE

A pandemia de coronavírus que atingiu o mundo pode acabar levando cerca de 500 milhões de pessoas para a linha da pobreza, segundo estudo feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o custo financeiro desta crise. 

Segundo a pesquisa, feita por especialistas da King’s College London, no Reino Unido, e da Australian National University, na Austrália, o nível de pobreza em países em desenvolvimento pode voltar a um patamar registrado há 30 anos. 

Os pesquisadores usaram dados do Banco Mundial para medir os efeitos da redução dos gastos nas economias do mundo em três níveis de pobreza – U$ 1,90 (R$ 9,75), U$ 3,20 (R$ 16,40) e U$ 5,50 (R$ 28,18) por dia.

As previsões foram feitas apenas uma semana antes de encontros do Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional (FMI) e ministros de finanças do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade