fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Bombardeio às bases americanas é apenas início a uma série de ataques, diz Hajizadeh

Chefe da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária do Irã, Amirali Hajizadeh, acredita que expulsar as forças americanas do Irã é a “vingança apropriada”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O bombardeio às bases americanas realizado pelo Irã na última terça-feira (7) foi o início de uma série de ataques contra os Estados Unidos. Quem informa é o chefe da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária do Irã, Ami Rali Hajizadeh, à TV do Estado do Irã, nesta quinta (9).

Para Hajizadeh, esta é a “vingança apropriada” pela morte do general Qassem Soleimani, vítima de ataque em Bagdá, no Iraque, promovido pelos Estados Unidos. O chefe da Força Aeroespacial quer expulsar as forças americanas de seu país.

Na última quarta (8), após o Irã atacar bases americanas, Donald Trump fez um pronunciamento tranquilizando a população. “Nenhuma vida americana ou iraquiana foi perdida”, declarou. 

O ataque de Irã pode ter sido uma resposta à morte do general Qassim Soleimani, ocorrida na semana passada, comandada pelos EUA. Trump comentou: “Ele deveria ter sido executado há muito tempo. E, ao remover Soleimani, damos um recado aos terroristas do mundo todo. Não vamos ameaçar as vidas do nosso povo.”


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade