fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Coluna Léo Dias

Namoro de Silvio Santos com suposta mãe de sua filha durou 3 meses

A Coluna do Leo Dias traz para o JBr nesta segunda-feira algo ainda não contado: como foi o relacionamento do apresentador com a mãe de Clemozeide Lundgren

Léo Dias

Publicado

em

PUBLICIDADE

A notícia de que uma senhora do Sul do Brasil está há quatro anos tentando comprovar que o apresentador Silvio Santos é seu pai vem movimentando a mídia nos últimos dias. A Coluna do Leo Dias traz para o Jornal de Brasília nesta segunda-feira algo ainda não contado: como foi o relacionamento do apresentador com a mãe de Clemozeide Lundgren, suposta filha dele.

Silvio e a mãe de Clemo teriam se conhecido nas ruas de Curitiba. Ele na época ainda era camelô e viajava para a cidade para vender algumas coisas, como panelas, por exemplo. Silvio, com seus 20 anos, vendia panelas de porta em porta. O relacionamento teria durado cerca de três meses. Se encontraram quatro a cinco vezes vezes, sempre que o ‘dono do baú’ viajava para o Paraná. Da última vez, Silvio avisou à “ficante” que não iria a seu encontro porque tinha um compromisso “em uma rádio”. Era o início de sua carreira como comunicador. Depois disso, os dois teriam perdido contato e a mãe de Clemo só o viu novamente quando já estava na televisão, e ela já com uma filha em casa.

Somente há quatro anos, Clemozeide Lundgren, decoradora, procurou a Justiça para ser reconhecida como filha legítima do dono do SBT. O processo, que corre em segredo de justiça, pede a investigação de paternidade de Clemozeide que, de acordo com relatos de sua mãe, seria filha de Silvio Santos.

Este é o quarto caso de supostos filhos do apresentador que já foram parar na Justiça. Após exame de DNA, ficou comprovado que duas pessoas que buscavam o reconhecimento de paternidade não eram filhas do apresentador. No terceiro caso, foi feito um acordo judicial.

Ao ser localizada pela Coluna do Leo Dias, Clemozeide afirmou que não queria que o caso viesse a público. A notícia gerou comentários — e vem movimentando o SBT. Apesar de a assessoria de imprensa de Silvio não ter querido comentar o ocorrido, a direção da emissora tentou desmerecer o histórico apresentado por ela.

Com colaboração de Lucas Pasin

O conteúdo publicado nesta Coluna não corresponde necessariamente à opinião ou à postura do Jornal de Brasília, de forma que o jornalista subscritor é inteiramente responsável pelo teor da matéria.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade