Jornal de Brasília

Informação e Opinião

JBr News

Zero ou déficit? Será tudo jogo combinado?

Lindbergh garantiu que as emendas são iniciativas suas e não tem influência do ministro Fernando Haddad, não foram acertadas com o governo.

Por Jeferson Legal 16/11/2023 10h10
LDO 2023

No início da semana, o deputado Lindbergh Faria (PT-RJ), um dos vice-líderes do governo, apresentou duas emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), alterando a meta fiscal de déficit zero para déficit de 0,75% ou 1%.

Ao JBrNews, Lindbergh garantiu que as emendas são iniciativas suas, não foram acertadas com o governo. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, segue defendendo que o déficit zero não seja alterado. Está prevista uma reunião até o final da semana para que se bata o martelo. De qualquer modo, as emendas foram apresentadas, e dão uma alternativa para que a meta seja alterada, caso assim se entenda. Serão as emendas de Lindbergh somente uma marcação de posição, como ele afirma, ou um jogo combinado para que a meta seja alterada sem que o governo se comprometa com a mudança?

As hipóteses são o tema da análise de hoje. Com Alexandre Jardim e Rudolfo Lago.






Você pode gostar