Jornal de Brasília

Informação e Opinião

JBr News

Como foi a votação da PEC que encurta a toga dos ministros do STF

Enquanto o líder no Congresso, trabalhava contra a proposta, o líder do governo no Senado, acabou votando a favor e liberando a bancada

Por Jeferson Legal 23/11/2023 10h34
Foto: Agência Brasil

Com 52 votos favoráveis, o Senado aprovou na noite de quarta-feira (22) a PEC que “encurta” o tamanho da toga dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), limita os seus poderes. A votação gerou um racha entre os líderes do governo.

Enquanto o líder no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP) trabalhava contra a proposta, o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), acabou votando a favor e liberando a bancada. A posição de Wagner atrapalhou a articulação de Randolfe e virou votos importantes para garantir a vitória da PEC, que agora segue para votação na Câmara.

A posição de Jaques Wagner favorável à PEC surpreendeu a todos e gerou reclamações, dentro do governo e no STF. Mas esse comportamento pode ter explicações. É o que analisam Alexandre Jardim e Rudolfo Lago no JBrNews de hoje.






Você pode gostar