Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Conexão JBr

Conexão JBr – Entrevista com Lauana Prado

Em um bate papo super descontraído, Lauana Prado conta um pouco da história por traz do novo projeto audiovisual gravado no Jalapão

Por Henrique Kotnick 01/10/2021 12h12

Lauana Prado se prepara para lançar a primeira parte de “Natural”, que conta com sete faixas. Composto por três álbuns, o projeto levou a estrela do sertanejo de volta ao Tocantins, estado onde ela cresceu e encontrou seu propósito artístico. O local escolhido para a gravação foi a Pedra Furada, no complexo do Jalapão, uma área de preservação ambiental a leste do estado. Com este projeto, Lauana revisita lugares e elementos que fizeram parte de sua formação artística e musical.

Algumas das canções do projeto trazem uma forte mensagem de empoderamento feminino, desapego e independência e falam diretamente ao público da artista, composto majoritariamente por mulheres, tanto nas redes sociais, quanto nas plataformas de música por streaming.

A carreira de Lauana é marcada por números impressionantes. “Cobaia”, o maior hit da cantora, acumula mais de meio bilhão de plays no YouTube. Em 2019, ano em que a faixa foi lançada, “Cobaia” foi a música mais tocada do Brasil na plataforma e fez de Lauana a única artista brasileira a entrar no Top 100 global do YouTube naquele ano. Atualmente, os vídeos publicados por ela na plataforma já somam mais de um bilhão de views, enquanto no Spotify Lauana acumula mais de 26 milhões de streams, além de ser seguida por quase dois milhões de fãs.

Natural” chega na sequência do sucesso de “Livre”, segundo álbum da carreira da artista, apresentado em três partes entre 2019 e 2020. Gravado no Hopi Hari, no interior de São Paulo, o projeto apresenta grandes hits da cantora, incluindo “Viva voz”, além de ter rendido para Lauana a primeira indicação ao Latin Grammy, em 2020, na categoria “Melhor Álbum de Música Sertaneja”.








Você pode gostar