Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Turismo

15 passeios para fazer no Catar além de assistir os jogos

Além de acompanhar os jogos da Copa do Mundo 2022, veja algumas sugestões turísticas para aproveitar o Catar

15 passeios para fazer no Catar além de assistir os jogos

A Copa do Mundo está cada vez mais perto. No Catar, país do Oriente Médio, o campeonato global de futebol vai acontecer entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Como em todas as edições desde 2002, o Brasil espera, finalmente, conquistar o tão sonhado hexa e estender o título de nação mais premiada do mundo quando o assunto é bola na rede.

Independentemente do resultado, os brasileiros que vão viajar ao Catar para prestigiar a seleção podem desvendar as belezas desse enigmático país.

1 – Passeios no deserto

No auge do inverno, a temperatura mais baixa do Catar fica na faixa dos 21ºC. No deserto, é claro, o clima é mais quente.

Os desertos de Doha, capital do país, são muito preservados. Por isso, passear pelas dunas altas e onduladas é uma atividade praticamente obrigatória. Atletas de snowboard até mesmo se arriscam a surfar pela areia.

No safári, também é possível conhecer algumas tendas árabes super luxuosas, onde os turistas podem se hospedar para dormir sob o céu estrelado e se deliciar com a gastronomia local.

2 – Souq Waqif

O Souq Waqif é um grande mercado cheio de produtos típicos do Catar, como tecidos, perfumes, especiarias, pratos típicos, etc.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar da clara preservação histórica da estrutura rústica, o mercado é limpo, moderno e aconchegante.

3 – Sítio arqueológico Al Zubarah

O Al Zubarah é uma parada essencial para os apreciadores de história.

O sítio arqueológico foi construído em 1938 e comporta os elementos mais importantes do país, especialmente durante o comércio de pérolas durante os séculos XVII e XVIII.

Para chegar até lá, é preciso fazer uma viagem de carro com duração média de uma hora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

4 – Pearl-Qatar

A Pearl-Qatar é uma ilha artificial arquitetada no antigo espaço destinado ao mergulho para busca de pérolas – por isso o nome.

Símbolo de elegância e poder, atrai visitantes do mundo todo por causa das lojas sofisticadas, iates e vilas de condomínios luxuosos.

5 – Banana Island

A 20 minutos de Doha, a ilha Banana Island fica em uma localização bem mais tranquila do que no centro da cidade.

Por lá, é possível navegar pelas águas cristalinas em balsas de luxo, se hospedar nos hotéis cinco estrelas da região e desvendar os sabores dos pratos árabes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quem gosta de aventura pode andar de pedalinho, jet-ski e brincar nos toboáguas – inclusive as crianças.

6 – Manguezais de Al Thakira

Quem vê o manguezal de Al Thakira pode até mesmo pensar que se trata de um cenário brasileiro, mas é totalmente árabe.

No nordeste do Catar, passear de caiaque permite apreciar a vida selvagem local, desde a vegetação até os animais, como as garças-do-recife e as andorinhas-do-mar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pescar também é uma atividade popular, mas o melhor horário é no começo da manhã ou final do tarde, por causa do calor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

7 – Corniche

Para curtir a área litorânea de Doha, uma das dicas é apostar no calçadão de Corniche, na Baía Oeste.

Coração da capital, lá tem de tudo: cafés, restaurantes, lojas, prédios elegantes, hotéis e áreas verdes para lazer.

E tudo isso na beira das águas azuis do Golfo Pérsico!

8 – Praia de Fuwayriţ

Uma das praias mais bonitas do Catar, Fuwayriţ fica a cerca de 100 quilômetros ao norte de Doha.

O mar é tranquilo e a água é rasa, então é o destino perfeito para quem não tem muita habilidade no nado ou que somente deseja relaxar.

O único porém é que a praia fica bloqueada para o público em novembro, já que a areia de Fuwayriţ é um dos locais preferidos para a desova das tartarugas-marinhas.

9 – Museu de Arte Islâmica

O Museu de Arte Islâmica foi projetado por IM Pei, um renomado arquiteto sino-estadunidense. Sua ideia era que o prédio fosse construído em uma ilha independente para que nenhuma outra construção pudesse ofuscá-lo.

Com um edifício considerado uma verdadeira obra de arte por si só, o museu tem um riquíssimo acervo de obras islâmicas datadas do século VII ao XIX, com exposições sazonais de alto nível durante o ano todo.

O terraço no último andar proporciona uma vista de tirar o fôlego, considerada por muitos como um dos cenários mais bonitos de Doha.

10 – Gravuras rupestres de Al Jassasiya

Gravuras marcadas em pedras de calcário de Al Jassasiya com petróglifos de peixes, navios e pegadas ficam ao norte do Catar. Essa é uma herança cultural tão importante como as mesquitas e museus do país.

O mais recomendado é agendar um passeio orientado por um guia turístico experiente. O local guarda uma série de tesouros de quase mil anos de idade.

11 – Katara Cultural Village

O Katara Cultural Village é um centro cultural que abriga eventos, lojas de artesanato tradicional, restaurantes, áreas verdes, sala de ópera, biblioteca, anfiteatro e galerias de arte.

A Mesquita de Katara também fica no local, encantando a todos com seu belíssimo mosaico de azulejos azuis, vermelhos e amarelos.

12 – Khor Al Adaid

Conhecido como Mar Interior, o Khor Al Adaid é uma praia localizada próxima à fronteira do Catar com a Arábia Saudita.

Por lá, é possível fazer passeios de camelo ao longo da faixa de areia ou investir em equipamentos de stand-up paddle para navegar pelas águas do Golfo.

Com paisagens naturais incríveis, a Khor al Adaid é uma reserva natural reconhecida pela UNESCO.

13 – Souq Al Wakrah

O Souq Al Wakrah é um mercado a céu aberto marcado pela arquitetura árabe tradicional, com ruas de paralelepípedo e uma mesquita exuberante.

As barracas vendem de tudo: castanhas, peixes, queijos, flores, doces, acessórios, perfumes, ouro, souvenirs, carnes, vegetais, frutas, temperos, artesanatos, utensílios, espadas, pássaros, madeira e muito mais.

14 – Eventos esportivos

Muito além da Copa do Mundo, o Catar é um país sede de inúmeros eventos esportivos. Em 2006, por exemplo, sediou os Jogos Asiáticos.

Os esportes mais populares são o futebol, críquete e a corrida de cavalos e camelos.

15 – Museu Sheikh Faisal Bin Qassim Al Thani

Inaugurado em 1998, o museu preserva a coleção pessoal de itens variados do sheik Faisal Bin Qassim Al Thani.

O acervo inclui artes islâmicas, objetos históricos do Catar, cerca de 600 carros antigos, uma coleção de tapetes artesanais, moedas de quatro continentes, documentos de caligrafia e roupas tradicionais.

Dicas para visitar o Catar

É um país com uma cultura bem diferente da nossa. Então, enquanto fecha suas passagens aéreas, hospedagem, passaporte e outras coisas, pesquise sobre a cultura do local. Vale dica com amigos, matérias na TV, redes sociais… tudo o que você conseguir para se preparar e aproveitar ao máximo o Catar, suas belezas e o maior evento futebolístico do mundo.








Você pode gostar