Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Teatro e Dança

Espetáculo ‘Embarque Imediato’ chega a Brasília neste fim de semana

Trama se desenrola em um aeroporto internacional, onde os personagens estabelecem um diálogo profundo sobre história, identidade e cultura

Foto: Divulgação

O espetáculo Embarque Imediato chega à Caixa Cultural Brasília nesta semana e fica em cartaz de sexta-feira (24) a domingo (26). A peça é marcada pelo encontro familiar entre o grande mestre do cinema e teatro negro brasileiros, Antonio Pitanga, e seu filho e também ator Rocco Pitanga. Com texto inédito do dramaturgo baiano Aldri Anunciação e direção do premiado Márcio Meirelles do Bando de Teatro Olodum, a trama se desenrola em um aeroporto internacional, onde os personagens estabelecem um diálogo profundo sobre história, identidade e cultura.

Na sexta e no sábado, 24 e 25 de novembro, as apresentações ocorrem às 20h, e no domingo, o espetáculo se inicia às 19h. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e serão vendidos na bilheteria do Teatro da Caixa e no site Bilheteria Cultural a partir das 9h de sábado, dia 18 de novembro. A peça não é recomendada para menores de 14 anos.

‘Embarque Imediato propõe um debate intrigante, seguindo a poética característica da escrita de Aldri Anunciação, que apresenta diferentes pontos de vista e permite que o espectador chegue às suas próprias conclusões quanto às propostas de cena. A produção faz parte da trilogia teatral iniciada pelo espetáculo “Namíbia, não!”, com direção de Lázaro Ramos, tendo sido seguida pelo espetáculo “O Campo de Batalha”, dirigido por Márcio Meirelles e Fernando Philbert.

Os espetáculos da trilogia encerrada por Embarque Imediato não compõem uma mesma narrativa temática, mas têm em comum a linguagem articulada na dramaturgia do debate do sujeito múltiplo, bem como a abordagem da condição dos descendentes da diáspora africana no Brasil e pelo mundo. Do alto de seus 84 anos, Pitanga – o pai – mostra-se incansável e versátil em suas atuações. Colaborando com novos diretores de cinema e TV – o que não é o caso de Lázaro, Márcio ou Fernando, todos grandes nomes do teatro brasileiro – ele vem deixando marcas até hoje na produção criativa do Brasil, papel que exerce pelo menos desde os tempos de cinema novo, nos anos 1960.

O diretor Márcio Meirelles explica que o encontro entre o personagem jovem e o personagem velho desenha-se de modo a extrapolar a ideia de conflito entre duas subjetividades. “A peça debate muitos assuntos que estão na ordem do dia, como origem, diáspora, consequências da história. É um texto maduro e toda encenação é pensada para tornar mais evidente essa relação entre os dois personagens e como a política afeta suas experiências, suas histórias e identidades”, pontua o diretor.

A montagem também conta com participações virtuais fundamentais para a dramaturgia. Uma delas é Camila Pitanga, também filha de Antonio Pitanga, que traz à obra narrações em off e aparições em vídeo à altura do elenco envolvido no trabalho. Quem também contribuiu para o engrandecimento da obra é o saudoso diretor carioca Aderbal Freire Filho, que nos deixou em agosto deste ano. Ele traz a dramaticidade para outras vozes off necessárias para as cenas.

Neste jogo de atuação em que a diáspora africana e as vivências afro-brasileiras tornam-se insumos, é possível notar como uma geração acaba por influenciar outras na produção artística do país, fazendo de obras como esta, oportunidades únicas para se compreender nossa sociedade e costumes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Serviço
‘Embarque Imediato’, com Antonio Pitanga e Rocco Pitanga
De sexta (24) a domingo (26)
Sexta e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Na Caixa Cultural – SBS, lotes 3/4 – Asa Sul, Brasília-DF
Ingressos a partir de R$ 15
Classificação indicativa: +14
Informações: (61) 3206-9448






Você pode gostar