Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Sebastião Salgado é um dos premiados no 32º ‘Nobel das Artes’

A cerimônia de entrega dos prêmios acontece em Tóquio e é feita pelo príncipe Hitachi, irmão mais novo do imperador Akihito

Rio de Janeiro – O fotógrafo e ambientalista Sebastião Salgado, fundador do Instituto Terra, fala sobre a homenagem do 16º Prêmio Personalidade da Câmara de Comércio França-Brasil do Rio de Janeiro (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Mundialmente conhecido por suas intensas fotos em preto e branco, o fotógrafo franco-brasileiro Sebastião Salgado é um dos vencedores do 32º Praemium Imperiale , considerado o “Nobel das Artes”, distinção que este ano também premia o violoncelista Yo-Yo Ma.

A lista de agraciados foi anunciada nesta terça-feira (14), em Paris.

Criado em 1988 pela Japan Art Association, este prestigioso prêmio concede 15 milhões de ienes (aproximadamente 115.000 euros) a cada laureado.

Tradicionalmente, a cerimônia de entrega dos prêmios acontece em Tóquio, em outubro, e é feita pelo príncipe Hitachi, irmão mais novo do imperador Akihito. Devido à pandemia da covid-19, o evento não serão realizado de forma presencial este ano.

Sebastião Salgado, de 77 anos, foi distinguido na categoria pintura, por suas imagens em que retrata com grande senso estético o estado dos mais pobres e a degradação do meio ambiente.

Seu último projeto, “Amazônia”, é uma exploração de sete anos do ecossistema amazônico e da vida de seus povos indígenas.

Também foram distinguidos o escultor americano James Turrell, que usa espaço e luz como meio de expressão; o arquiteto australiano Glenn Murcutt, conhecido por suas casas modernistas integradas ao ambiente rural (Pritzker 2002); e o violoncelista Yo-Yo Ma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Considerado um dos maiores de sua época, este músico americano, filho de pais chineses residentes em Paris, gravou mais de 100 álbuns e ganhou inúmeros prêmios. Entre eles, estão 18 prêmios Grammy conquistados ao longo de sua carreira.

© Agence France-Presse






Você pode gostar