fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

“Quarta lírica” do Festival Drive-in traz a cantora Aida Kellen e os premiados pianistas Duly Mittelstedt e Breno Souza

Dia 08/07, em duas sessões, às 18h30 e 21h

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A soprano brasiliense Aida Kellen e os pianistas Duly Mittelstedt e Breno Souza, que acaba de ser premiado com a terceira colocação no Concurso Internacional Online de Piano na Finlândia, comandam a “Quarta lírica” do Festival Drive-in, nesta quarta-feira, dia 08/07, no espaço localizado no Estacionamento B do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, em dois horários, às 18h30 e 21h. Os ingressos custam R$ 80,00 (por carro) e por sessão, e estão à venda no site www.sympla.com.br ou aplicativo (sympla).

Breno Souza

Duly Mittelstedt, pianista, foi vencedora do Concurso Pró-Música de Juíz de Fora na categoria de Melhor Pianista Acompanhadora.Já Breno Souza, com apenas 17 anos, faz a sua primeira apresentação após a terceira colocação no concurso que reuniu mais de 300 concorrentes de 40 países

Ambos acompanham a cantora brasiliense Aida Kellen, formada em 2006 na Escola de Música de Brasília (EMB) sob a orientação da professora Dejanira Rossi. No decorrer de sua formação, obteve o primeiro lugar na categoria sênior no 7º Maracanto de 2003, Concurso Nacional de Canto realizado em São Luis (MA). Em maio de 2007 obteve o segundo lugar e o prêmio de melhor canção no Concurso Internacional de Canto Maria Helena Cardoso, em Belém (PA).

Aida Kellen

A soprano atuou como solista do “Lê Roi David”, de Arthur Honegger; ópera “Alcina”, de Händel, como Alcina; ópera “The Medium”, de G. C. Menotti, como Mrs. Gobineau; “Aïda”, de Verdi, como Aïda; La Bohème, de  Puccini, como Musetta, e em Don Giovanni, de Mozart, como Donna Anna, entre outros. Atuou em teatros nacionais e europeus e foi dirigida por nomes como Henrique Passini, Francisco Frias, Hugo Rodas, Jonathan Andrade e Carlos Laredo. Trabalhou sob a regência de maestros como Claude Villaret (Suíça), Emílio de César, Roberto Duarte, Cláudio Cohen, Artur Soares, Ricardo Castro e Mikhail Studyonov (Ucrânia). Atualmente continua seu trabalho vocal com o professor André Vidal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A “Quarta lírica” tem curadoria do maestro Thiago Francis, da Orquestra Filarmônica de Brasília, que estreou o Festival Drive-in no último dia 23 de julho, com as “Quatro Estações”, de Vivaldi, em duas sessões esgotadas e elogios do público.

Solidariedade

Parte do valor das vendas será destinado para a compra de equipamentos de tecnologia, como tablets, para crianças e adolescentes da rede pública de ensino de comunidades carentes que estão com dificuldade no acesso ao ano letivo.

Sobre o Aeroporto de Brasília

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília, faz parte da holding internacional Corporación America Airports. No aeroporto do Uruguai, um dos 52 terminais administrados pela empresa, também foi instalado um cinema drive-In neste período de pandemia e o projeto é um sucesso. 

O Aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, no Uruguai, tem oferecido experiência semelhante. O terminal uruguaio é administrado pela Corporación America Airports, a mesma holding que administra o terminal brasiliense, e que é responsável pela operação de 52 aeroportos em diversos países.

Sobre a Organização

O Festival Drive-In é uma realização de Formiga XP, Guto Jabour, Nina Rocha e Renato de Luca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Festival Drive-In

Onde: Estacionamento B do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek

Quando: de 23 de junho a 15 de agosto de 2020

Classificação: verificar a classificação da atração do dia no site do evento/programação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ingressos: a partir de R$ 60,00 (por carro). Verificar programação

Acessibilidade: sim

Banheiro: sim

Www.festivaldrivein.com.br

@festivaldriveindf




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade