Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Literatura

Talentos descobertos nas redes sociais assumem importantes selos nas editoras

Cada vez mais jovens e competentes, esses talentos são o bola da vez

Por Gilberto Rios 05/03/2021 11h27
Talentos descobertos nas redes sociais assumem importantes selos nas editoras

A história da gaúcha de Teotônia/Rs teve inicio com um diário, ou seja, um blog secreto que não era divulgado. Certo dia uma amiga que morava em Londres mandou um exemplar do seu livro escrito em inglês e Edílaine Cagliari ficou apaixonada.

Edílaine Cagliari
Edílaine Cagliari

A sua primeira reação foi pedi permissão à amiga para traduzi-lo para o português. A tradução da gaúcha despertou na autora um interesse incomum e a paixão foi invertida. A amiga londrina questionou Edílaine se ela nunca havia escrito, foi daí que uma das nossas principais personagens foi revelada para a literatura, na troca do “se você ler algo meu, eu prometo ler algo teu”. Dito isto, “Diagonais” um livro escrito dentro do blog secreto foi parar no meio literário. Mas, foi o seu livro “Poucos dias de uma vida” que revelou para o Brasil a escritora, ele foi publicado na Amazon como ebook.

Assim como os escritores independentes a nossa protagonista desta história imprimiu alguns exemplares para serem vendidos aos amigos. Tudo foi feito com carinho e de forma doméstica até o momento que foi a descoberta por Rodrigo da editora Cartola. O resultado desta parceria pouco tempo depois, Edílaine se transformaria na editora – chefe dos selos Lgbtqia+, feminismo e espiritualidade da Cartola a convite da editora.

O paulistano Flávio Shiono Salazar, morou por volta de 8 anos no Japão a trabalho. O artista que tem entre os seus principais hobbies o desenho, pintura a óleo e o violão, adicionou com o tempo a literatura. Antes mesmo de começar a pensar em escrever, ele já era um sonhador, apenas via na escrita um meio para transformar o sonho em realidade.

Flávio Shiono Salazar
Flávio Shiono Salazar

Sentindo-se solitário enquanto escrevia o seu livro que tem uma pegada medieval, algo como Senhor dos Anéis ou Game of Thrones, Flávio sem ter com quem comentar uma cena escrita do seu livro decidiu criar durante a pandemia o grupo no Facebook – “Escritores de Fantasia se Ajudando”. Ele queria um grupo que tivesse o intuito de ajudar aqueles que passaram pelo mesmo caminho árduo que o dele, o de transformar o sonho de ser autor em realidade. Flávio não perdeu tempo e iniciou o seu projeto dentro do facebook, ele queria dividir experiências entre escritores de fantasia.

O grupo ganhou musculatura e se destacou virando uma verdadeira escola de como escrever um livro de fantasia, “Algumas pessoas postam ali dicas, outros dúvidas, e assim os escritores se ajudam de alguma forma, eu evito aceitar outros tipos de publicações para não poluir o feed de notícias”, relatou.

Então é possível encontrar por lá, diagramadores, Tradutores, revisores, leitores beta, ilustradores, capistas, influenciadores digitas para o marketing, mas faltava a figura do agente literário e o Flávio correu atrás deste outro personagem. Encontrou a agente literária Heloísa Cruz da Editora Crystal Books para solucionar algumas dúvidas sobre publicações, nascia uma grande troca de experiências e como na fantasia a Heloisa transformou-se na fada madrinha daquele grupo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O profissionalismo de Flávio foi percebido pela editora Crystal Books que tinha o seu selo de fantasia e passou a acompanhar as publicações do grupo, principalmente as consultorias deste paulistano. A primeira aproximação deu-se através da obra do Flávio que está prestes a ser lançado e a Heloísa ficou encantada com o que leu e o conjunto escritor e consultor do grupo levou a editora á convidá-lo para assumir o selo de fantasia da Crystal Books.

Mas, o que leva um editor na escolha de um original para ser acolhido por uma editora? Ser acolhido é o sonho de qualquer escritor iniciante. Para Edílaine Cagliari da Editora Cartola, ela nos relata que nos originais para histórias do Lgbtqia+, os “clichês não tem vez. A nossa editora olha primeiramente o enredo, o personagem não pode ser estereotipado, que é o erro de muitos originais que ela recebe, muitos deles com histórias vistas na Tv, ou seja, nada “original”. O enredo tem que trazer o lado da esperança, não só da dor, tem que ter uma boa história que pode ser de ficção ou mesmo de fantasia, mas a personagem do Lgbtqia+ tem que trazer uma verdade”, alerta a jovem gaúcha.

Tem um original com uma bela história guardada? As editoras esperam por elas, boa sorte!

Neste final de semana o JBr Literatura indica livros para seu fim de semana.

Abraço a Sombra

Editora Tagore

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Neste livro, Daniela Migliari surpreende ao trazer o entendimento que nossas sombras não são o oposto da luz. Ela faz parte de todos nós! Uma proposta aberta para que você trate a si mesmo com gentileza, sem o enfoque em erros e fracassos geradores de profundos sentimentos de culpa e desconforto.

Com leveza e amorosidade, o livro apresenta uma nova forma de aprender a lidar com nossas defesas, seus aspectos incômodos e, também, seus potenciais. Daniela elucida a real identidade da nossa sombra e desenvolve o entendimento da infância espiritual – estado psíquico que precisa de auto acolhimento para amadurecer.

Abre-se ao leitor a possibilidade de entrar em contato com a riqueza de seu universo interior e, quem sabe, encontrar sua própria forma de evoluir com mais generosidade e auto Amor.

Daniela Migliari
Daniela Migliari

Daniela Migliari é jornalista e escritora, nascida em Brasília, onde reside. Na busca do autoconhecimento, encontrou no ofício de escrever uma forma amorosa de entrar em contato consigo mesma, com toda a riqueza e complexidade que encerra a experiência humana. Na escrita, consegue organizar sentimentos por meio de diálogos leves e amplos. É atuante no meio espírita, embora seja aberta a todas as manifestações espirituais. Desde 2016, estuda as Constelações Familiares como pós-graduanda da Hellingerschule. Em suas páginas no Facebook e Youtube – Daniela Migliari Escritora – compartilha algumas dessas conversas interiores, encontrando grande ressonância nos corações de seus leitores, vindos de muitos lugares do Brasil e do mundo. A nossa escritora é casada e mãe de três filhos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Romance LGBTQIA+

Poucos dias de uma vida

Editora Cartola

Procurando um sentido na vida, Amanda resolve acatar o pedido de sua mãe e decide passar alguns dias com Tuca, uma conhecida de infância, no hospital. Enquanto uma não encontra motivos para continuar vivendo, a outra luta bravamente para vencer o câncer, e assim se inicia uma grande amizade. Duas mulheres têm suas vidas cruzadas e uma pergunta em comum: quando a vida começa?

Questionamentos, fé, anseios e coragem faz desta história muito mais do que um simples relato. Esse romance LGBT é um exemplo de que poucos dias podem fazer toda a diferença em uma vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Mih Franklim
Mih Franklim

Mirela Scardini Franklim, conhecida como Mih Franklim, nasceu na pequena cidade de Pancas conhecida como “Cidade Poesia” no interior do Espírito Santo. Esta capixaba de 19 anos na sua infância sempre teve acesso a livros. Mas foi só em 2017 que descobriu o seu amor pela literatura, através do aplicativo Wattpad. Acabou assim por criar a “Trilogia Underwood”, que atraiu mais de 1 milhão de leituras, livros que falam sobre fantasia, iniciando sua carreira literária com apenas 16 anos, ao qual os seus livros, abriu diversas portas que hoje tem consigo grandes sucessos. A jovem é apaixonada por filmes de comédias românticas, chocolate amargo, embora tenha pressão baixa, e não dispensa bons doramas e animes clichês, é de Áries e a sua maior leitora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ela é do Supremo livro 1

Editora The Books

Completar dezoito anos geralmente é um grande sinônimo de liberdade para a maioria dos jovens. Mas com toda certeza, isso não se emprega à Antonella Maria Johnson.

Desde sua mudança de Rosnov, para Southampton, Antonella Johnson se vê em um novo mundo cheio de mistérios, onde embarcará em uma nova jornada, descobrindo mais sobre a origem de sua família e descobrindo mais sobre a sua própria origem. Com passar das descobertas, ela se encontra sem opção, quando sua vida muda drasticamente de uma hora para a outra, tendo que aceitar sua nova realidade e lidar com vilões do passado de sua família.

Completar dezoito anos nunca significou tanta mudança para uma jovem quanto agora. Afinal, seu destino estava traçado pela deusa da lua. Antonella agora era de alguém, ela agora era de um lobo, mas não qualquer lobo. Ela é do Supremo!

O vampiro de Ella Livro 2

Ella Johnson Underwood é a filha do Supremo Alfa. Ela nunca explorou todo o seu poder, pois o seu único desejo era viver entre os humanos como uma pessoa comum. Pelo menos, até o conhecer.

Estevan chegou como uma tempestade de verão, levando tudo o que Ella conhecia para perto dele. A única certeza que lhe restou, é que agora pertencia a ele. Ella não estava preparada para a avalanche de sentimentos que a engoliria por inteiro. Nem mesmo as grandes reviravoltas que ocorreriam, passaram pela sua cabeça. Mas, a deusa Selene havia a escolhido para viver o que ela sempre acreditou pertencer à sua irmã.
Ella estava preparada para o que viria?

Mesmo com o seu destino traçado, ela deveria seguir o caminho que lhe foi imposto? Ou fazer seu próprio destino, trabalhando, sendo livre e convivendo com humanos, como ela sempre sonhou? A única certeza é que suas escolhas inevitavelmente vão levá-la ao seu destino. E o destino dela, é ele: o vampiro de Ella.








Você pode gostar