Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Ivete faz show emocionante e histórico às margens do São Francisco, em Juazeiro

O evento também contou com participações especiais no palco. Entre os destaques, o filho primogênito da cantora, Marcelo Sangalo

“A filha do São Francisco chegou”, ecoou Ivete Sangalo às margens do Velho Chico para mais de 20 mil pessoas na abertura do seu show especial nesta sexta-feira, 27, na orla de Juazeiro, na Bahia. “Não poderia existir um outro lugar que eu pudesse colocar para vocês o quão feliz eu vivo, estou. E quão feliz essa morada, que é essa terra, me fez gigante. Obrigada, Juazeiro! Eu vim comemorar meus 50 anos com vocês”, resumiu a cantora.

A celebração, aberta ao público, foi transmitida pela Rede Globo e apresentada pelo ator Érico Brás. O evento também contou com participações especiais no palco. Entre os destaques, o filho primogênito da cantora, Marcelo Sangalo, marcou presença no evento tocando percussão durante o show. Quem também celebrou a data ao lado de Ivete foi Preta Gil.

Com quase três horas de duração, a juazeirense embalou hits da sua carreira e fez uma espécie de carnaval fora de época com músicas que agitaram o público. “Levada Louca”, “Céu da Boca”, “Dalila” e “Tô na Rua” foram algumas das canções evocadas por Ivete.

Não foi por acaso que o show especial alcançou os trendings topics do Twitter. A magnitude do evento movimentou a cidade localizada no sertão baiano. Com uma estrutura de 40 metros de largura e 14 de altura, a preparação atraiu fãs e admiradores da cantora de todo o País.

Para algumas pessoas, esta era a primeira vez em um show de Veveta. É o caso do mestrando, João Ramalho, 24. Ele remarcou compromissos para viajar até Juazeiro e acompanhar o aniversário da conterrânea. “Ela sempre foi uma inspiração e fonte de orgulho de ter nascido na mesma cidade que essa mulher”, disse em entrevista ao Estadão.

Ele chegou na entrada da festa às 17h e não se arrependeu de ter aguardado algumas horas para o início do show. “A experiência de ver essa mulher voltar e agradecer a gente. E ainda fazer parte dessa data foi incrível. Eu senti que, de alguma forma, eu pude compartilhar esse momento”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ponte Presidente Dutra, que corta os estados de Pernambuco e da Bahia, ficou com engarrafamento na maior parte do dia. Com isso, as barquinhas – embarcações que fazem a travessia do rio -, se tornaram o principal meio de transporte para quem estava na cidade vizinha, Petrolina.

Sob aplausos e muita emoção, Ivete encerrou o show. “Eu não completo apenas 50 anos, eu conquisto meio século. Se meio século pode ser uma simbologia seria o coração de vocês”, disse. Em seguida, se despediu do público. “Estou de volta para o meu aconchego”.








Você pode gostar