Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Eventos

Com temática indígena, ateliê Kena abre as portas

O espaço localizado na Asa Norte é um ambiente que vai reunir uma série de programações focadas especialmente nas artes e literatura indígena

Foto: arquivo pessoal

No próximo sábado (02/12), o Ateliê Kena abre as portas para a sua primeira programação pública: o ‘Café no Ateliê’, que inaugura um ciclo de atividades a serem realizadas em Brasília, no intuito de difundir as diferentes produções artístico culturais dos povos indígenas.

Nessa primeira atividade, a participação é gratuita e acontece das 14h às 18h, respeitando o limite de permanência de até 15 pessoas no espaço. Durante a visita ao Ateliê o público presente poderá ver obras em processo, como as que estão sendo produzidas pelo multiartista Gustavo Caboco Wapixana, assim como adquirir produtos como livros de autoria indígena, desenhos e tomar um café enquanto conhece esse novo espaço de imersão.

São parceiros neste Ateliê aberto, a Editora Maracá e o Retorno a terra produções. A Editora Maracá é uma Editora focada na temática indígena e tem contribuído para a difusão de textos de autoria indígena.

Programação de dezembro

Além do Café no Ateliê, a programação da Kena também contará no dia 03/12, com a disponibilização de catálogos de diversas exposições indígenas realizadas nos últimos anos no Brasil. A leitura dos catálogos é feita no próprio Ateliê, sendo uma ação de aproximação dos amantes das artes indígenas com esses documentos, que contém textos importantes sobre a história da arte indígena no contexto da arte contemporânea brasileira.

Por fim, no dia 09 de dezembro, Gustavo Caboco Wapixana, realiza uma tarde de pinturas e desenhos com o intuito de formação e crítica: assim os artistas selecionados podem aprimorar sua produção autoral e técnicas, explorar temáticas. Gustavo Caboco é multiartista, pertence ao povo indígena Wapixana, tendo se destacado na cena das artes através de exposições, tendo realizado a individual “Ouvir a terra”, na Galeria Milan em SP – (2022), 34º Bienal de São Paulo (2021) participação em eventos literários como a programação oficial da última FLIP (2023) e mais recentemente, sendo anunciado como um dos curadores da próxima Bienal de Veneza (2024).

Serviço
Inauguração do Ateliê Kena
Sábado, 2 de dezembro
Das 14h às 18h
Entrada franca
Endereço: CLN 104, bloco A, sala 121 – Asa Norte, Brasília-DF
Mais informações:@ateliekena

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar