Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Celebridades

Compositora de ‘Cachorrinhas’, de Luísa Sonza, desabafa: ‘Fui inocente e medrosa’

Elana Dara fez um longo desabafo em suas redes sociais sobre o fato de compositores não serem valorizados como deveriam

Elana Dara fez um longo desabafo em suas redes sociais sobre o fato de compositores não serem valorizados como deveriam Foto: Reprodução

Elana Dara, 22, uma das compositoras do hit “Cachorrinhas”, de Luísa Sonza, aproveitou o seu Twitter, nesta quarta-feira (3), para fazer um desabafo sobre o fato de compositores não serem valorizados como deveriam.

De acordo com ela, a música só foi lançada porque ela foi “parceira, inocente e medrosa”, mas que poderia ter travado o lançamento da canção.

“Quando eu tiver no topo, compositor vai ter voz pra caral**, vai ser valorizado como MERECE! Porque é muito injusto e frustrante você não levar crédito por uma ideia sua (crédito e justiça em % de composição tb) kk”, começou Elana.

Sem especificar qual exatamente era o problema, uma vez que aparece creditada nas plataformas digitais como uma das compositoras, Elana diz que quem sabia valorizar essa parte era Marília Mendonça, morta em novembro do ano passado em um acidente aéreo.

“Quem sabia valorizar de verdade essa parte embrionária de uma música era Marília Mendonça. Por isso que o sertanejo tá sempre em alta, a galera pega na mão e se ajuda o tempo todo”, disse.

Em outras mensagens, a compositora volta a trazer o tema sobre sua composição em parceria com Luísa Sonza e outros quatro compositores.

“Todo mundo com rabo preso vsf tb f*da-se. Eu e minhas cachorra auau. E eu não ‘ajudei’ ninguém a fazer não. A ideia é minha e ninguém tava dando moral antes de ver o negócio pronto. E eu só não travei o lançamento da música porque fui muito parceira (inocente e medrosa)”, continuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Não tô querendo ‘mexer’ com ninguém. Só tô relatando um fato que acontece o tempo todo nas composições. Tava vendo a Ariana Grande falando da mina que pensou em ‘Positions’… e sem falar de gente tentando surrupiar % de compositor (que já é pouco)”, diz Elana em mais um post.

“Ninguém é de aço, por favor, se eu tô vindo falar sobre isso aqui é porque foi paia mais de uma vez com mais de uma pessoa. Só que ninguém fala nada, nunca…”, continuou.

“Quem me conhece, sabe que sou muito tranquila e quero chegar em todos os lugares possíveis com o meu trabalho e minha arte. A crítica foi a esse movimento que rola na composição do pop, que é f*da o apoio de artistas mais relevantes no mercado, pra só deixar tudo justo nas divisões, saca? E se eu não dou uma cuspidinha aqui ninguém nem se importa. Mesmo me xingando, pelo menos tem gente falando disso”, finalizou a primeira parte de seu desabafo.

Mais tarde, Elana voltou ao Twitter para dizer que havia conversado com Luísa Sonza e que o objetivo de seu desabafo era fazer as pessoas valorizarem o processo de composição, mas que acabou “agindo de um jeito imbecil”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Acabei de conversar com a Luísa, acredito que minha indignação foi um conjunto de fatores que foi acontecendo (e que ela não tinha controle) e eu dei sim uma vomitada no Twitter”, disse a compositora.

“Não sou ingrata, só tava na pilha e a Luísa é uma artista f*da pra car*lho (…) Respeito todo o trabalho feito por toda equipe dela, não queria me sentir passiva e acabei agindo de um jeito imbecil”, reconheceu Elana.








Você pode gostar