Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Cantora que se infectou propositalmente com Covid morre

Negacionista e antivacina, Hana decidiu se contaminar de forma proposital. A decisão foi tomada quando seu filho e marido, ambos vacinados, contraíram o vírus

A cantora, Hana Horka. Foto: Reprodução PRIMA News

Hana Horka foi vocalista de uma banda tcheca folclórica chamada “Asonance”. A cantora faleceu neste domingo, 16, por complicações geradas pela Covid-19.

Negacionista e antivacina, Hana decidiu se contaminar de forma proposital. A decisão foi tomada quando seu filho e marido, ambos vacinados, contraíram o vírus.

O intuito dela com a contaminação proposital era conseguir um certificado de imunidade fornecido pela República Tcheca, para que pudesse ‘ir e vir’ sem precisar apresentar o comprovante de vacinação.

O filho da artista, Jan Rek, contou em uma entrevista fornecida à rádio iRozhlas, que ele e seu pai ficaram doentes no fim de 2021, quando a mulher decidiu se contaminar também.

“Ela preferiu viver normalmente conosco e pegar a doença para não ter que se vacinar. É triste que ela quis mais acreditar em estranhos do que em sua própria família”, relembrou o jovem.

A vocalista faleceu com falta de ar, em casa, segundo Jan. Apesar dos fortes sintomas, ela continuou fiel ao que acreditava. Dias antes, Hana chegou a fazer publicações comemorando a infecção. “Estou muito feliz porque, desta forma, poderei ter uma ‘vida livre’ como os outros, ir ao cinema, tirar férias, ir à sauna, ao teatro”, afirmou.

Sua decisão foi apoiada por diversos outros negacionistas nas redes sociais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esses apoiadores, que foram uma rede de desinformação, foram os responsabilizados pelo filho da cantora. Jan afirma que dois militante antivacina tchecos em especial são culpados pela morte da mãe. O ator Jaroslav Dušek e a bióloga Soňa Peková, são eles.

“Eu sei exatamente quem estava por trás de seus pontos de vista. Eu escutei essas coisas por um ano”, disparou Jan.

As contaminações por Covid-19 enfrentam uma nova conda na República Tcheca. Especialmente após o surgimento da variante Ômicron. 20 mil novos casos foram registrados no país nesta segunda-feira, 18.

*Com informações da AFP, de O Globo e RFI

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar