Jornal de Brasília

Informação e Opinião

BBB

João diz estar feliz por não ter deixado racismo passar batido no jogo

“Pra mim, rever isso é muito forte, mas fico muito feliz comigo mesmo por ter conseguido fazer isso, de não deixar isso passar batido”, disse em entrevista ao Gshow

Foto: Reprodução/ Gshow

O professor João Luiz saiu contente do BBB 21 por ter assumido uma posição contra o racismo em um episódio envolvendo o cantor Rodolffo. Ele reviu a cena logo após ser eliminado com 58,86% dos votos.

“Pra mim, rever isso é muito forte, mas fico muito feliz comigo mesmo por ter conseguido fazer isso, de não deixar isso passar batido”, disse em entrevista ao Gshow.

Em uma dinâmica do jogo, o professor mineiro expôs para os colegas que o cantor sertanejo comparou o cabelo dele ao da peruca do Castigo do Monstro, que fazia parte de uma fantasia de homem das cavernas. O comentário revoltou diversos internautas, que acusaram o cantor de racismo. Depois, Rodolffo pediu desculpas a João.

Agora o desafio do recém eliminado é encarar a vida fora da casa com as mudanças que sofreu ao participar do BBB 21. “Não ganhei R$ 1,5 milhão, mas ganhei muita coisa boa”, disse.

Durante a entrevista, João falou sobre a sua relação com alguns dos participantes. Sobre Juliette, por exemplo, admitiu que no início do jogo houve trocas de faíscas, mas depois ele entendeu quem é a advogada e maquiadora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já a amizade com Camilla aconteceu rapidamente e durou até o final da participação dele no BBB 21. “Foi o meu primeiro abraço ali dentro. Não sei o que aconteceu, a gente não sabe qual foi o momento que a gente se aproximou. Só sei que a gente não conseguiu se desgrudar mais”.

João e Camilla não conseguiram sustentar o bom desempenho que estavam tendo nas redes sociais e despencaram na última semana, o que culminou com a eliminação do professor.

Por meio de uma chamada de vídeo durante a participação no Gshow, João pode conversar com o namorado, Igor Moreira, que contou ter ficado apreensivo ao assistir o professor na TV, mas depois acabou divertindo-se.
“Tô mega orgulhoso da trajetória dele”, afirmou Igor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress






Você pode gostar