Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Armie Hammer, acusado de canibalismo e de crimes sexuais, será tema de série

Em março de 2021, uma jovem acusou o ator de estuprá-la há quatro anos em Los Angeles. O advogado de Hammer chamou a acusação de “ultrajante”

Por FolhaPress 18/05/2022 7h56
Foto|Reprodução

O ator Armie Hammer, acusado de canibalismo, estupro, abuso psicológico e estranhos “apetites sexuais”, será tema de uma série documental no streaming Discovery+, afirmou o portal Variety nesta quarta-feira.

O especial, com o nome provisório de “House of Hammer”, ou a casa de Hammer, deve investigar as “acusações profundamente preocupantes feitas contra o ator”, estrela de “Me Chame pelo Seu Nome”, e “o legado sombrio e distorcido da família Hammer”, conforme descreveu o site.

Esse especial, que também será exibido na programação de séries true crime do canal ID, pretende ainda investigar várias gerações da família do ator. Em 2021, uma tia de Hammer já havia afirmado que iria revelar os escândalos dos seus parentes em um documentário. A série deve contar ainda com depoimentos de vítimas.

Em março de 2021, uma jovem acusou o ator de estuprá-la há quatro anos em Los Angeles. O advogado de Hammer chamou a acusação de “ultrajante” e disse que todas as relações sexuais do ator foram “completamente consensuais”. A polícia investiga o caso.

A acusação de estupro ocorre após afirmações nas redes sociais feitas por várias mulheres em janeiro do ano passado acusando o ator de abuso físico e emocional, além de revelarem que ele teria compartilhado fantasias sexuais violentas.

Hammer disse na época que não responderia o que chamou de “ataques virtuais maldosos”, mas foi deixado por seus representantes e cortado projetos em Hollywood – como a série “The Offer”, sobre os bastidores de “O Poderoso Chefão” -, além de ter sido considerado parcialmente responsável pela fraca bilheteria de “Morte no Nilo”, último filme seu que chegou às telonas.

Em paralelo, o Discovery+ exibirá especiais sobre o assassinato de Gabby Petito, as mortes de Tupac Shakur e Notorious BIG e os irmãos Menendez.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar