Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Após relato de Klara Castanho, Aline Campos revela que também já foi estuprada

A atriz fez um apelo para que todos tenham compaixão por mulheres que passam por essa situação: “Assim como ela, milhares são vítimas de estupro e abusos sexuais

Foto|Reprodução

Após o relato de Klara Castanho afirmando que sofreu estupro, engravidou e concedeu o bebê à adoção, outras artistas decidiram abordar o assunto e contar sobre situações de abuso que já passaram. Uma delas foi Aline Campos, que usou seu Instagram para contar que também passou por uma situação parecida.

“Pensem em uma mulher especial… Klara Castanho é luz e foi vítima de algo, infelizmente, ainda muito comum em nossa sociedade! Eu já fui estuprada também… Sim! Mas não com as mesmas consequências que ela! Mas e se tivessem tido as mesmas? Pode ser sim, que eu fizesse a mesma coisa ou que tivesse abortado de forma clandestina, cheia de riscos. Klara foi muito forte e corajosa por ter trazido esse assunto à nossa reflexão”, começou Aline.

A atriz fez um apelo para que todos tenham compaixão por mulheres que passam por essa situação: “Assim como ela, milhares são vítimas de estupro e abusos sexuais, e ainda são vistas como culpadas pela massa da sociedade. Isso é muito sério! O que Klara e todas as mulheres precisam é de um olhar amoroso, de compaixão, apoio e justiça”.

Aline tranquilizou seus fãs sobre seu caso e afirmou que trabalhou esse assunto na terapia. “Não se preocupem, faz muito tempo e já trabalhei muito isso na terapia… Hoje sou mais forte por ter superado. Muitas que, por exemplo, não têm o apoio em casa ou não têm condições de fazer também terapia, acabam tirando a própria vida, seja literalmente ou vivendo para sempre atrás de um trauma que bloqueia a vida em todos os aspectos”, continuou.

A atriz concluiu o longo texto de desabafo e apoio à Klara Castanho elogiando a jovem: “Minha princesa de luz, gratidão por sua força e coragem! Você é e sempre foi uma mulher inspiradora… Tenho certeza que vai superar e se tornar ainda mais potente! Estamos com você e com todas essas vítimas”.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar