Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Andressa Urach processa Igreja Universal para reaver R$ 2 milhões doados

Baseando-se nas leis de número 548 e 549 do Código Civil, os advogados dizem que “é nula a doação de todos os bens sem reserva de parte ou renda suficiente para a subsistência do doador”

São Paulo, SP

A modelo Andressa Urach, 33, processa a Igreja Universal com o intuito de reaver os R$ 2 milhões que ela diz ter doado à instituição durante os anos em que participou dos cultos.


A reportagem teve acesso aos documentos de Andressa enviados pelos advogados da modelo. Neles, diz que, apesar do processo, Andressa mantém sua crença e religiosidade e continua fiel aos olhos de Deus. Para ela, porém, determinadas atitudes praticadas pela Igreja Universal não estariam em conformidade com os ditames bíblicos.


“A Andressa Urach, enquanto fiel, acreditou cegamente na palavra da Igreja e doou a ela mais de R$ 2 milhões de diferentes formas e em momentos diferentes, sendo que na medida que seus recursos foram se esgotando, o aconselhamento e o auxílio dado pela Igreja também foram”, diz o documento.


Baseando-se nas leis de número 548 e 549 do Código Civil, os advogados dizem que “é nula a doação de todos os bens sem reserva de parte ou renda suficiente para a subsistência do doador”. Dizem ainda que “nula é também a doação quanto à parte que exceder à de que o doador, no momento da liberalidade, poderia dispor em testamento”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Os advogados de Andressa completam que foram realizadas doações de carros, joias e outros bens móveis, além de um depósito de R$ 1 milhão.

Hoje, segundo eles, a modelo carece do auxílio de pessoas próximas para que mantenha seu sustento. “Falta recurso financeiro até para pagar as custas do processo, as contas mínimas do lar, filho que esta em escola pública, toda economia dela para Igreja”, afirma o advogado Marco Mejìa.


Procurada, a Igreja Universal não havia se pronunciado até a publicação deste texto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em outubro de 2020, Andressa compartilhou sua decepção com a Igreja Universal, da qual fazia parte desde que 2014 e pretendia ser pastora. A ex-modelo fez um longo desabafo a respeito do assunto em suas redes sociais, em que disse ter se sentido usada e até ter pedido a devolução dos dízimos que doou ao longo dos anos.


“Nos últimos meses, passei por uma decepção tão grande que literalmente rasgou meu coração”, disse “Não consegui nem estudar, vou ter que trancar a faculdade de jornalismo, pois não tenho cabeça para pensar sobre isso.”


“Dediquei os últimos 6 anos da minha vida para Jesus, como todos sabem, mas acabei me sentindo como um objeto descartável”, afirmou. “Nunca me senti assim, nem no tempo da prostituição”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Recentemente, a modelo oficializou os votos de compromisso com Thiago Lopes em dezembro em uma pousada de luxo na região da Serra do Faxinal, em Santa Catarina. Com uma cerimônia reservada, para amigos e familiares, Urach compartilhou os bastidores nas redes sociais.

As informações são da Folhapress






Você pode gostar