Siga o Jornal de Brasília

Economia

Uniões homoafetivas vira alvo de mercado de casamento

Leis aprovadas recentemente tem encorajado as pessoas a fazer festas para celebrar o casal

De acordo com a última edição da pesquisa “Estatísticas do Registro Civil”, realizada em 2017 pelo IBGE, o número absoluto de casamentos brasileiros caiu cerca de 2,3% em relação ao ano anterior.

Entretanto, as uniões homoafetivas seguem em crescimento, com um aumento de 10% no mesmo período. As mulheres são as principais responsáveis por este crescimento, representando 57,5% dos casamentos homossexuais.

Este crescimento pode ser explicado por uma série de fatores políticos e sociais. A disseminação de um pensamento mais plural entre a população tem sido essencial, mas apenas de fato efetiva com a aprovação de políticas que reconheçam essa parcela da sociedade como igual.

Entre as leis aprovadas recentemente está a de reconhecimento da união estável entre pessoas de mesmo sexo como casamento, validada em 2017 pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Diante deste mercado cada vez mais plural, empresas voltadas para o universo dos casamentos estão investindo em produtos que não se restrinjam aos casais heterossexuais. Jackeline Braga, líder do setor no Elo7, afirma que os vendedores com capacidade de personalizar os itens são os mais visados.

“Quando você dá para os clientes a possibilidade de transformar aquele modelo do site em algo que tenha a cara do casal, o resultado final é sempre cheio de representatividade e rende muitos elogios”, explicou Jaqueline.

Hoje, a empresa possui em sua página diversos vendedores de topos de bolo, lembrancinhas criativas, acessórios, roupas e artigos de decoração que podem ser adequados ao gosto do casal.

Com uma certa constância, a inclusão de casais que fogem dos padrões heterossexuais é criticada. Entretanto, o comportamento do público também tem mudado.

No dia 21 de maio deste ano, o youtuber Carlinhos Maia se casou com o modelo Lucas Guimarães. A cerimônia contou com convidados famosos e 2,7 milhões de espectadores nas redes sociais do influencer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA