fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Petrobras anuncia quedas de 4,3% para gasolina e de 4,4% para o diesel

Isso significa que, nessa quinta, as distribuidoras vão comprar gasolina R$ 0,0756 mais barata e o diesel, R$ 0,0917

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Petrobras informou aos clientes que vai reduzir os preços dos derivados em suas refinarias a partir da quinta-feira (6). O litro da gasolina vai custar 4,3% menos e o do óleo diesel, 4,4% Já o diesel S10 para térmicas foi reduzido em 4,6% e o marítimo, 4,5%. Isso significa que, nessa quinta, as distribuidoras vão comprar gasolina R$ 0,0756 mais barata e o diesel, R$ 0,0917.

Segundo a consultoria FCStone, a redução dos preços da gasolina e do diesel foi uniforme em todas as bases de entrega.

“Acredito que as mudanças da Petrobras foram focadas no mercado de ontem de gasolina e diesel. Com a revisão, deixou a janela levemente aberta (oportunidade para importadores ganharem participação de mercado) no diesel e no zero a zero na gasolina. Como o mercado está revertendo numa alta muito forte hoje, com a possibilidade de ter tratamento agora do coronavírus, o mercado está fechado neste momento no spot. Ou seja, ela fixou perto da mínima do mercado”, afirmou Tadeu Silva, consultor de Petróleo e Gás da FCStone.

Pelas contas do consultor, com essa retração, as empresas importadoras terão dificuldade em concorrer com a estatal na venda da gasolina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No mercado spot, há uma pequena defasagem em relação à cotação internacional do diesel, de US$ 0,02. A Petrobras não aumenta a gasolina desde o dia 1º de dezembro e o diesel, desde o dia 21 de dezembro. A queda acumulada no ano é de R$ 0,02156 para a gasolina e de R$ 0,03236 para o diesel.

Após consecutivos dias em queda, o petróleo do tipo brent, utilizado como referência pela Petrobras, passou a acelerar nesta quarta. No início da tarde, por volta das 12h30, estava sendo negociado a US$ 56, o que representa uma alta de 4,41%.

Estadão Conteúdo


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade