fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Crise de coronavírus leva Lojas Renner a propor pagamento mínimo obrigatório de dividendo

Além da redução do pagamento sobre capital próprio e dividendos, empresa também revisou orçamento de capital para 2020

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

A empresa varejista Lojas Renner irá propôs aos acionistas o pagamento mínimo sobre capital próprio e dividendos. O valor atualizado é de R$ 267,7 milhões e corresponde à 25% do  lucro líquido ajustado da companhia em 2019. A proposta anterior era equivalente a 50% do lucro. A redução leva em conta os impactos econômico gerados pela pandemia de coronavírus.

Além da redução do pagamento sobre capital próprio e dividendos, a empresa também revisou o orçamento de capital para 2020. O valor anterior era de R$ 910 milhões, mas após reajuste passou a ser de R$ 560 milhões. A medida possibilita que ações de emergência sejam tomadas, caso seja necessário. 

Segundo a Renner, o montante de R$ 560 milhões contempla investimentos na expansão de lojas, com a inauguração de 10 a 15 lojas Renner, duas a três lojas Camicado, três a cinco lojas Youcom e uma loja Ashua. O planejamento da empresa também prevê a remodelação de unidades existentes e aplicação de recursos em tecnologia, além de um novo centro de distribuição em São Paulo.

A rede declarou que planos e metas de longo prazo continuam inalterados.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade