fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Ações do Twitter disparam com projeto de assinatura

No primeiro trimestre deste ano, a companhia teve receita de US$ 808 milhões (R$ 4,3 bilhões) e prejuízo líquido de US$ 8 milhões (R$ 42,8 milhões)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Júlia Moura
São Paulo, SP

O Twitter abriu contratação para um novo projeto, batizado de Gryphon. Na descrição das vagas, anunciadas na própria plataforma do Twitter, são procurados engenheiros da computação para “colaborar estreitamente com a equipe de pagamentos e a equipe do Twitter.com”, bem como liderar a área de pagamento e assinatura voltada ao cliente.

O Twitter não fez nenhum anúncio sobre o projeto e, procurado, não quis comentar as contratações. No entanto, investidores e consultores do setor interpretam o movimento como indício que a rede social prepara o lançamento de algum serviço por assinatura.

Essa suposição fez as ações do Twitter subirem 7,3% nesta quarta-feira (8), a US$ 35,41 (R$ 189,44), maior valor desde 8 de junho, antes de grandes marcas suspenderem anúncios em redes sociais em apoio à iniciativa Stop Hate for Profit (Pare o ódio pelo lucro, na tradução livre).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais de 80% da receita do Twitter vem de anúncios.

No primeiro trimestre deste ano, a companhia teve receita de US$ 808 milhões (R$ 4,3 bilhões) e prejuízo líquido de US$ 8 milhões (R$ 42,8 milhões), ambos resultados acima das estimativas do mercado.

Na ocasião, a empresa disse que tem como objetivo conter perdas cortando seu orçamento, inclusive limitando a contratação nas áreas de desenvolvimento de produtos, pesquisa e suporte ao usuário.

Há alguns anos o Twitter busca novas formas de receita e já estudou lançar uma versão paga da rede social em 2017.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade