fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Tem um teatro na sala

A iniciativa começou no último fim de semana com a apresentação de seis espetáculos infantis e adultos transmitidos pela internet para todo o Brasil

Larissa Galli Malatrasi

Publicado

em

PUBLICIDADE

Já que é para ficar em casa, a Palavra Z Produções Culturais criou uma ação chamada Teatro Online e disponibilizou apresentações teatrais gratuitas para assistir pela internet e assim contribuir com a campanha de combate ao novo coronavírus. A iniciativa começou no último fim de semana com a apresentação de seis espetáculos infantis e adultos transmitidos pela internet para todo o Brasil.

A partir de hoje — e até o próximo domingo —, o projeto volta a transmitir outras 11 peças de teatro e inclui shows de música e apresentação de ópera performática na programação.
O objetivo, segundo Bruno Mariozz, diretor da Palavra Z, é levar arte, cultura, entretenimento, diversão e bem-estar às famílias durante este período de confinamento. “O intuito é manter as pessoas dentro de casa, incentivá-las a não sair. Por isso preparamos uma programação para todos os públicos”, conta o diretor.

Hoje, a música popular brasileira de Noel Rosa ganha uma homenagem. O espetáculo Gomalina Clube Canta Noel Rosa, de Cadu Pacheco, Renato Badeco e Rafael Tereso, ficará disponível das 10h às 17h para o público assistir pelo youtube. Já das 18h à meia-noite, os espectadores poderão acompanhar a ópera performática Na Boca do Cão, de Gabriela Geluda, em uma união de música, dança e teatro.

Amanhã, o espetáculo de música Mona canta Dalva, de Mona Vilardo e Filomancuzo, fica disponível no youtube das 10h às 17h. Outra ópera performática de Gabriela Geluda também entra na programação de amanhã: Migrações — que trata dos fluxos migratórios desde Tróia até os refugiados da Síria — estará disponível gratuitamente para o público das 18h à meia-noite.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Amanhã, um musical infanto-juvenil também estará disponível para transmissão das 10h às 17h. A Menina Edith e a Velha Sentada, de Lázaro Ramos e Elísio Lopes Jr faz uma viagem pelos cinco sentidos (visão, audição, paladar, tato e olfato), propondo um equilíbrio na vida moderna das crianças e adolescentes, ao resgatar brincadeiras do passado e no uso da tecnologia com bom senso.

Na sexta, a peça infantil Patrícia Piolho, de Luiza Yabrudi e Karina Ramil, vencedora na categoria de Melhor Atriz no 9º Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, retorna para o grande público por meio das mídias digitais após cinco anos. O espetáculo fica disponível no youtube das 10h às 17h. Para os adultos, a peça Carta de um Pirata, de Vinícius Piedade, será exibida das 18h à meia-noite.

O sábado também reserva espetáculos para todas as idades. Os pequenos poderão assistir à peça A Pequena Vendedora de Fósforos, uma adaptação de Dayse Pozzato para um dos textos mais populares do poeta e escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, que ficará disponível das 10h às 17h. Para os adultos, a opção é a montagem musical — que ganhou a bênção de Ariano Suassuna — A Lenda do Sabiá, de André Arteche. O espetáculo, de raízes na literatura de cordel, ficará disponível no youtube das 18h à meia-noite para o público.

Para fechar a programação desta semana, o domingo conta com a peça Marrom nem preto nem branco?, idealizada por Vilma Melo e Pieterson Duderstadt, com texto de Renata Mizrahi, para os pequenos. Focada no debate racial, o espetáculo ficará disponível para transmissão no youtube das 10h às 17h. Os mais velhos poderão desfrutar da montagem Um Ensaio Sobre Amaro, de Eduardo Rios, em uma mistura de dança, teatro de máscaras, manipulação de objetos, música e ilusionismo que convida o público a uma conversa com a tristeza. O espetáculo ficará disponível das 18h à meia-noite.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No último fim de semana, a ação somou 21 mil visualizações, alcançando uma média de 65 mil espectadores em todo o Brasil, ao longo das mais de 5 mil horas de exibição. “Estamos muito felizes com o resultado. Temos recebido um feedback bem positivo”, comemora Bruno Mariozz. “Vários espectadores nos mandaram fotos da família reunida em casa para assistir a um espetáculo de teatro. Esse é também um momento de reflexão e aproximação da família, e a arte pode ser ótima para criar uma consciência melhor para esse período”, completa.

Segundo o diretor, a ideia é que o projeto continue enquanto for preciso permanecer em casa. “Estamos trazendo outros segmentos da arte, como espetáculos de música e ópera, que não são trabalhos da produtora. É uma ação voluntária, sem fins lucrativos, e nossa principal preocupação é atingir o propósito de manter as pessoas em casa”, pontua Bruno.

Para assistir a qualquer um dos espetáculos da programação, basta acessar o site palavraz.com.br, escolher a peça e clicar no link de redirecionamento para o youtube.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade