fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Companhia abre seleção para artistas da capital federal participarem do espetáculo Romeu e Julieta

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Contagem regressiva para a 26ª edição do Seminário Internacional de Dança de Brasília. O evento, que será realizado de 11 a 31 de julho, além de oferecer aulas de todas as modalidades – inscrições pelo site www.dancebrasil.art.br – e espetáculos gratuitos para o público, chega também com uma novidade quente. A renomada companhia de ballet Faces Ocultas, de Salto (SP), abriu um chamamento coletivo para os artistas da cidade participarem do espetáculo Romeu e Julieta, famosa obra do dramaturgo inglês William Shakespeare.

Atores, bailarinos e figurinistas do Distrito Federal poderão montar o clássico que, sob a coordenação do coreógrafo e bailarino Arilton Assunção, vai repaginar esta história romântica por meio de uma mistura de dança contemporânea e teatro. Quem quiser participar deve enviar currículo para o e-mail santorogisele@gmail.com, com o assunto: “Quero participar da obra Romeu e Julieta”. A equipe do Seminário entrará em contato com os pré-selecionados. Os ensaios serão realizados durante o evento, em julho. A audição e participação é voluntária, sem vínculo empregatício ou de compromisso com demais trabalhos do repertório ou agenda da companhia. Não haverá cachê para os participantes.

A seleção será no dia 15 de julho, às 19h. A previsão é de que o espetáculo seja apresentado no encerramento do Seminário, no dia 31 de julho, às 20h, na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes (Setor de Diversões Sul).

Além do clássico que chega para comemorar os 400 anos das imortais obras de Shakespeare, a 26ª edição do Seminário trará também montagens inéditas, como Spark, da cia canadense Lamondance. Spark abre a série de apresentações no dia 16 de julho, às 20h, no Teatro Dulcina de Moraes. A classificação é livre. Entrada franca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Seminário

A 26ª edição do Seminário Internacional de Dança de Brasília é uma realização da Secretaria de Cultura do Distrito Federal com patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura e Secretaria de Cultura do Distrito Federal. O evento contará com espetáculos gratuitos, “Arte nos Trilhos” – com danças e intervenções nos metrôs do Distrito Federal – Flash Mobs (as conhecidas aglomerações inusitadas) em diversos locais da cidade, além de aulas de dança. Uma oportunidade para a público da capital federal respirar arte. Para quem quer alcançar um sonho maior, vale a pena se inscrever www.dancebrasil.art.br e aproveitar a chance de ter aulas com renomados bailarinos do mundo e concorrer a bolsas de estudos em companhias de destaque.

Sobre a Faces Ocultas

A companhia Faces Ocultas, de Salto (SP), foi criada em maio de 1997 por bailarinos e artistas interessados. Coordenada pelo coreógrafo e bailarino Arilton Assunção, a cia acumula mais de 200 prêmios e já esteve presente nos principais festivais de dança do País. A Faces Ocultas preza por trabalhos de dança contemporânea e por uma linguagem que contempla pesquisas e novas concepções coreográficas. A ideia, segundo Arilton, é valorizar a fusão da técnica clássica com outras modalidades da dança.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Romeu e Julieta

A história de amor mais marcante de todos os tempos ganhará novas formas nos palcos de Brasília. Afinal, o clássico que termina com a morte dos dois amantes vai trazer surpresas que o corpo de baile está preparando. Além do carregado contexto político social, as ações coreográficas vão propor uma reflexão sobre os tempos atuais.

Serviço

26ª edição do Seminário Internacional de Dança de Brasília – De 11 a 31 de julho

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscrições: www.dancebrasil.art.br.

Informações: https://www.facebook.com/dancebrasil.art/

Valores das aulas: De R$ 250 a R$ 950 (iniciais)

Espetáculos: Grátis

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Local: Avenida da Dança – Teatro da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes – Conic (Setor de Diversões Sul), palco montado em frente ao shopping Conjunto Nacional, galeria Athos Bulcão e salas do Teatro Nacional Cláudio Santoro.

A classificação indicativa varia de acordo com evento.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade