fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Cinemark lança ‘Projeta às 7’, nova janela para o cinema brasileiro

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O cinema nacional ganha janela inédita na programação semanal da Cinemark em 19 cidades e 20 salas em todo o Brasil. A partir desta quinta (3), obras brasileiras de ficção e documentais passam a ser exibidas de segunda a sexta-feira, às 19h, em sessões de pré-estreia, com ingressos a preços especiais de R$ 12. Batizada de Projeta às 7, a iniciativa vai levar em seu primeiro ano de atividade 14 títulos inéditos às salas de cinema da maior rede exibidora do País.

Os filmes do Projeta às 7 poderão ser conferidos em 20 cinemas de 19 cidades, incluindo Brasília (Pier 21). A programação será dedicada a obras que normalmente têm pouco espaço no circuito comercial. A curadoria será feita pela Elo Company, responsável pela seleção dos longas-metragens.

Com o projeto, a Cinemark dá mais um passo na valorização do cinema nacional. Nos últimos 18 anos, a rede realizou o Projeta Brasil – um dia totalmente dedicado aos filmes brasileiros, com ingressos a preços populares e renda totalmente revertida para outras ações de valorização do audiovisual brasileiro. Nesse período, o Projeta levou mais de 2 milhões de espectadores para as salas da Rede.

“O Projeta às 7 dá ainda mais voz ao cinema brasileiro. Vamos amplificar o portfólio de filmes nacionais para fomentar o interesse do espectador da Cinemark por obras que nem sempre têm a chance de chegar aos cinemas, incluindo documentários, filmes de fora do eixo Rio – São Paulo e assinados por diretores estreantes. Vamos, assim, atender à crescente demanda do público por diversidade de gêneros e narrativas”, afirma a diretora de marketing da rede Bettina Boklis. “Com essa programação, a Cinemark aumenta significativamente a diversidade de títulos brasileiros exibidos ao longo do ano, além de incorporar com consistência o gênero documentário à programação”, complementa.

Três filmes já estão listados pelo projeto: o longa de ficção Querida Mamãe, de Jeremias Moreira Filho; o documentário Em Um Mundo Interior, de Mariana Pamplona e Flavio Frederico, que acompanha a vida de sete famílias com crianças autistas; e o drama pernambucano Amores de Chumbo, de Tuca Siqueira.

Após as exibições em pré-estreia, os títulos serão lançados comercialmente em outras salas e seguem a vida comercial em outras janelas.

 


Leia também
Publicidade