Siga o Jornal de Brasília

Cinema

Novo filme de Quentin Tarantino é ovacionado em Cannes

Muitos especialistas classificaram o filme como “o mais completo da sua carreira”

Publicado

em

Advertisements

Ao longo da sua carreira, o diretor Quentin Tarantino sempre deixou muito claro o seu amor pela sétima arte. Dentro de muitos filmes, é perceptível esse imenso ode ao cinema. Por isso, quando o cineasta anunciou que recriaria momentos icônicos do cinema dos anos 1960, fãs nunca ansiaram tanto por uma obra do mestre. Era Uma Vez em Hollywood foi exibido nos últimos dias dentro do festival de Cannes e arrancou muitos elogios da plateia especializada, referenciando o filme como “o filme que Tarantino nasceu para fazer”.

Alguns críticos, como Richard Lawson, da Vanity Fair, destacou que “Tarantino realmente sabe o que faz quando se trata de cinema”. Os comentaristas ainda destacaram como o filme consegue trazer mais referências e ainda provar como o repertório de Quentin é vasto. Segundo Steve Pond, do The Wrap, o filme “está cheio de homenagens a (ou recriações definitivas de) programas de TV antigos, filmes antigos, jingles de propaganda antigos: Tarantino se entrega às obsessões dele ao direcionar todas as coisas que amava quando criança”.

O filme que chega aos cinemas brasileiros no dia 15 de agosto, conta a história de um ator em decadência e seu dublê que se esforçam para alcançar o sucesso no cinema durante os últimos anos da Era de Ouro de Hollywood, em 1969. O novo longa-metragem de Tarantino é estrelado por Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, James Marsden, Margot Robbie, Al Pacino e Dakota Fanning.

 

Por Leonardo Resende


Você pode gostar
Publicidade