fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Voluntariado em Ação garante cestas básicas para famílias de presos

Em abril, foram contempladas 90 famílias dos adolescentes da Unidade de Internação de Planaltina

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

As famílias dos 95 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na Unidade de Internação de Santa Maria receberam, nesta sexta-feira (15), cestas básicas arrecadadas por um projeto cadastrado no Voluntariado em Ação, programa coordenado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) para estimular ações solidárias no DF. Esta é a segunda unidade beneficiada pela campanha, que é coordenada pelo Instituto Carinho. Em abril, foram contempladas 90 famílias dos adolescentes da Unidade de Internação de Planaltina.

Segundo a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o acompanhamento das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares fazem parte das diretrizes do atendimento socioeducativo no DF. “Para que esses jovens tenham uma nova trajetória de vida, o apoio de suas famílias é fundamental. Por isso, precisamos tanto dessa união de esforços para ajudá-las a enfrentar esse momento tão difícil de pandemia da Covid-19”, enfatizou a secretária.

As cestas entregues nas residências dos adolescentes têm algo muito especial: cartas escritas à mão pelos próprios internos. Repletas de mensagens de carinho e saudade, elas são produzidas em oficinas dentro das unidades de internação e fazem parte de uma estratégia para fortalecer os vínculos desses jovens com seus pais ou responsáveis. A troca de correspondências também se tornou uma importante forma de contato dos jovens com seus familiares nesse período em que as visitas estão suspensas para prevenir a disseminação do novo coronavírus.

Campanha

A campanha de destinação de cestas para as residências dos socioeducandos foi criada para minimizar os efeitos socioeconômicos provocados pela pandemia da Covid-19, como aumento do desemprego e o agravamento das condições de vulnerabilidade social dessas famílias. A proposta é mobilizar as organizações e a sociedade para atender os 3.000 mil adolescentes em cumprimento de medida internação, semiliberdade e meio aberto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além dessa ação, estão ativas no Portal do Voluntariado outras cinco campanhas para arrecadar doações de alimentos que vão atender a população carente do DF durante a pandemia. Com essa plataforma, qualquer cidadão ou instituição pode ajudar doando cestas, trabalhando como voluntários ou criando novas campanhas. Quem tiver interesse em contribuir pode entrar no site: www.portaldovoluntariado.df.gov.br/.

Informações da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade