fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Verba da Caixa para modernizar hospitais

GDF pede R$ 11,4 milhões para obras de instalações elétricas na rede de saúde de sete hospitais públicos

Lindauro Gomes

Publicado

em

Foto: Myke Sena/ Jornal de Brasília/ Cedoc
PUBLICIDADE

O Governo do Distrito Federal (GDF) entregou à Caixa Econômica Federal (CEF) um pedido para liberação de R$ 11,4 milhões de convênios firmados com o Ministério da Saúde. A verba, quando autorizada, será utilizada para melhorias das instalações elétricas de sete hospitais públicos. Os projetos foram entregues na última terça-feira, 21.

A entrega dos projetos é resultado da ação coordenada pelas secretarias de Economia e de Saúde. Os recursos serão utilizados para melhoria da eficiência energética dos hospitais públicos e foram obtidos por meio de emendas parlamentares em 2017.

Somente agora, com o esforço de uma força-tarefa montada nesta gestão, conseguimos finalizar os projetos técnicos para evitar a perda desses recursos tão importantes para a saúde pública do DF”, explica o secretário de Economia, André Clemente.

O Projeto de Eficiência Energética prevê a modernização da disponibilidade de energia na rede de saúde pública visando à sustentabilidade das instalações. A intenção é viabilizar a implantação de tecnologias modernas que possibilitem a geração de energia com a utilização de painéis solares fotovoltaicos e a adequação das subestações das unidades hospitalares.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os recursos também servirão para reforma e modernização do sistema de refrigeração de ar, do sistema de aquecimento de água das unidades e a substituição de lâmpadas convencionais por lâmpadas do tipo LED.

Os recursos a serem repassados para o GDF são fruto de convênios firmados com o Ministério da Saúde e têm como agente financeiro a Caixa Econômica Federal. Para viabilizar os projetos, foi necessária a ação integrada de órgãos como a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Brasília Ambiental, Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Companhia Energética de Brasília (CEB), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), e Central de Aprovação de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade