fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Sistema socioeducativo do DF recebe investimento de R$ 3,4 milhões

Edital convoca entidades interessadas em desenvolver projeto voltado ao atendimento de socioeducandos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), nesta terça-feira (20),  um edital de chamamento público para selecionar organizações da sociedade civil (OSCs) com interesse em desenvolver projetos voltados ao atendimento de adolescentes entre 12 e 21 anos que já cumpriram medidas socioeducativas em meio aberto, semiliberdade ou internação. A ação está sendo desenvolvida pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e pelo Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA).

Para executar a iniciativa, os recursos do Fundo dos Diretos da Criança e do Adolescente, gerenciado pelo CDCA, serão de R$ 3,4 milhões. “Vamos auxiliar esses jovens em todo o seu processo de ressocialização, abrindo caminho para um novo futuro, baseado na capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho, além de outras atividades formativas que possibilitem o lazer e a cultura”, explicou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Essa ação é o fechamento de todo o ciclo da reeducação”.

A proposta é atender até 200 adolescentes. Eles receberão acompanhamento por até 12 meses pela equipe técnica e terão acesso a atividades culturais, esportivas e de lazer. Há previsão ainda de oferta de quatro cursos de capacitação profissional e técnica, com a carga mínima de 200h/aula ao ano. Os adolescentes receberão uma bolsa no valor mensal de aproximadamente R$ 400.

Socioeducação

A Sejus coordena o Sistema Socioeducativo do Distrito Federal, sendo responsável pela execução das medidas referentes a prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, semiliberdade e internação. São 30 unidades socioeducativas que atendem, aproximadamente, a três mil jovens entre 12 e 21 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As organizações interessadas em firmar parceria para essa ação poderão enviar as propostas a partir de 23 de novembro.

As informações são da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade