fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Secretaria de Saúde mantém cirurgias eletivas suspensas no DF

A medida visa evitar prejuízos no atendimento de pacientes graves, suspeitos ou confirmados com covid-19 que necessitem de intubação para ventilação mecânica

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Breno Esaki/Agência Brasília
PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SESDF) manteve a prorrogação da suspensão temporária dos procedimentos cirúrgicos eletivos, com exceção de procedimentos oncológicos, cardiovasculares, oftalmológicos, urológicos (que utilizem bloqueios locorregionais), ginecológicos (que utilizem de bloqueios locorregionais), gerais (que utilizem de bloqueios locorregionais), vasculares (que utilizem de bloqueios locorregionais), transplantes e
judicializados, ainda que eletivos, até 1º de dezembro de 2020.

A medida, assinada pelo Secretário Adjunto de Assistência à Saúde, Petrus Leonardo Barron Sanchez, e pelo Secretário de Estado de Saúde do DF, Osnei Okumoto, visa evitar prejuízos no atendimento de pacientes graves, suspeitos ou confirmados com covid-19 que necessitem de intubação para ventilação mecânica.

A decisão foi tomada “considerando que a taxa de ocupação de leitos COVID-19 na Rede Pública do DF, com suporte de ven9lação mecânica, vem apresentando redução com ocupação de 40,80% na data hoje, conforme atualização ocorrida às 16h21min”.

Veja o documento na íntegra: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Coronavírus no DF

O Distrito Federal (DF) registrou, nas últimas 24 horas, 859 novos diagnósticos de covid-19. Desde o início da pandemia, 224.517 pessoas já foram infectados na capital e, nesta segunda-feira (23), 5.709 casos estão ativos.

As regiões com mais casos confirmados são Ceilândia (26.045), Plano Piloto (18.653) e Taguatinga (18.507). Já em relação às vítimas fatais, as cidades com mais óbitos são Ceilândia (663), Taguatinga (404) e Samambaia (306). Nas últimas 24 horas foram registrados 389 recuperados e 16 óbitos, sendo que, deste total, um faleceu nas últimas 24 horas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Do total de 224 mil casos, 3.882 (1,7%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 214.926 (95,7%) estão recuperados. Do total de óbitos, 3.566 eram moradores do DF e 316 de outros estados.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade