Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Professores da rede pública irão ao Canadá e são recebidos pela CLDF

Ao iniciar a sessão de maneira descontraída e divertida, os parlamentares da Mesa fizeram uma pequena homenagem aos profissionais da educação

Publicado

em

Publicidade

Lucas Valença
redacao@grupojbr.com

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) recebeu a visita, nesta quarta-feira (22), de 14 dos 16 professores do DF que foram selecionados pela Capes para participarem do Fórum de Desenvolvimento Educacional de Professores da Educação Básica que acontece em Ottawa, no Canadá. 

Em todo o país, foram aprovados 102 profissionais da educação, sendo 20 deles representantes do Centro-Oeste. Destes, 16 são professores do ensino público do DF. A viagem deve fornecer uma experiência internacional aos servidores, que devem ficar até 40 dias fora do Brasil.

Foto: Lucas Valença

Para o deputado Reginaldo Veras (PDT), um dos distritais que acompanhou a liberação dos profissionais junto ao Buriti, a medida é benéfica para os estudantes. “Só em poder relatar uma experiência internacional, já será uma conquista enorme para a situação educação”, declarou o também professor.

Publicidade

O presidente da CESC, distrital Jorge Vianna (Podemos), também chegou a parabenizar os professores pela conquista, além de anunciar que a comissão estará de “à disposição” dos servidores caso haja algum problema durante a passagem pelo Canadá.

Uma das professoras presentes subiu à mesa e fez um breve discurso agradecendo a ajuda da CLDF por ter intermediado conversas com o GDF. “É uma oportunidade ímpar para todos nós. Quebrará vários paradigmas”, afirmou.

No início dos trabalhos da comissão, o deputado Veras promoveu uma “chamada” dos professores presentes. Confira fala do deputado:

A viagem dos profissionais não deve gerar custo ao GDF.


Você pode gostar
Publicidade